Quando Nietzsche Chorou

quando-nietzsche-chorou-irvin-d-yalom
Quando Nietzsche Chorou - Irvin D. Yalom

Hoje terminei a leitura desse livro magnífico do psiquiatra e escritor americano Irvin D. Yalom. “Quando Nietzsche chorou” é seu romance de estréia, mas não é nem de longe um livro que deixa a desejar, pelo contrário é um livro que faz com que nos apaixonemos pelo autor. Irvin Yalom já é bastante conhecido no meio acadêmico da psicologia pelos seus excelentes trabalhos na área.

Nesse livro ele faz algo não muito fácil para muitos autores: misturar personagens reais numa trama fictícia. Os personagens principais dessa história são Friedrich Nietzsche e Josef Breuer, um filósofo e um médico respectivamente que viveram contemporâneamente nos anos de 1880. Nietzsche e Breuer nunca se conheceram porém os dramas vividos por eles na trama realmente aconteceram, porém cada um a sua maneira e de forma isolada. Além deles outras personalidades como Sigmund Freud, um dos pais da psicanálise assim como Breuer, também aparece na história, entre outros personagens que realmente existiram.

Esse romance de idéias não tem ação nem um final surpreendente, mas marca pela riqueza e intelectualidade nos diálogos. Antes de ler esse livro, eu li uma das obras de Nietzsche (como podem ver no post anterior), o que aconselho a todos, não que seja necessário para entender, é que o livro é meio que feito a partir das biografias e obras dos personagens, sendo as de Nietzsche as mais presentes.

Quando Nietzsche Chorou é um livro para ler e reler daqui alguns anos. Recomendo-o àqueles que gostam de frases inteligentes e com conteúdo, e diálogos edificantes. Também a quem quer conhecer mais sobre os personagens e refletir mais sobre si mesmo, acredite este livro tem esse poder.

Anúncios

6 comentários

  1. Ótima escolha. Ainda não li esse livro, especificamente, mas outras obras dele sim, e esse autor é maravilhoso. Experimente conhecer outros títulos dele: Mamãe e o sentido de vida; O carrasco do amor; Mentiras no divã – leituras excepcionais.
    Gostei da indicação de Dostoiévski, vou procurar.
    Parabéns pela iniciativa.

    Curtir

    • Cristiana obrigado pela visita…

      Eu simplesmente adorei o livro e com certeza lerei outros títulos do autor, fiquei curioso pra ler A Cura De Schopenhauer, vou ver se consigo! obrigado pelas dicas, tentarei ler todas futuramente!!!

      Abraços

      Curtir

    • Obrigado Paula.
      Obrigado pela visita (direto de Portugal, rsrs)
      E pelo comentário!
      Adorei seu blog, você resenhou muitos livros que não tem por aqui, gostaria de lê-los! 🙂

      Abraço!

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s