A Árvore que Dava Dinheiro, de Domingos Pellegrini

A literatura brasileira apesar de não ser devidamente valorizada, principalmente pelos brasileiros, oculta obras-primas que poderiam facilmente se igualar a clássicos universais. Na literatura infanto-juvenil não se ver tantos nomes famosos como na literatura infantil e/ou tradicional. O paranaense Domingos Pellegrini pode ser considerando um excelente autor infanto-juvenil, sua obra prima A Árvore que Dava Dinheiro além do título curioso e chamativo, também possui um conteúdo impar.

Trata-se de uma novela, que se passa em uma cidade fictícia chama Felicidade (ironia?). Os habitantes de Felicidade são interrompidos de suas pacatas vidinhas para se depararem com um fenômeno que mudará para sempre suas vidas. Nasce na praça da cidade uma árvore, mas não qualquer árvore, essa ao invés de frutos dá dinheiro. Um alvoroço se instala por entre as ruas da cidade e começa desesperar os felicenses, atraindo até a imprensa.

Domingos Pellegrini usa de um tema tão polêmico para nos fazer ver o quão desastroso poderia ser tal fato. Com o surgimento da árvore a ganância dos habitantes de Felicidade é aguçada, eles nunca se contentam com o muito que têm. E mesmo após aprenderem a lição de que dinheiro demais de nada vale, eles caem novamente na graça desse fator que parece mover a sociedade atual.

Essa obra é excelente para diversas reflexões financeiras. Coisas como a inflação, o comércio e a desigualdade social são vistas sob um novo ângulo e nos leva não apenas para o reflexivo, mas também para a realidade e prática social. Pode-se inferir que a desigualdade social é causada não apenas pela má distribuição, mas também pela ganância humana. Os habitantes de Felicidade dispunham de árvores para todos, mas o que delimitava os mais ricos era a ganância dos mesmos por recolher mais dinheiro, o quanto pudessem e não pudessem.

Um livro adulto disfarçado de infanto-juvenil. Uma lição financeira e mais, um estudo minucioso da condição humana atual, que se move utilizando dinheiro como combustível. Apesar de o livro ter sido escrito em 1981 ele reflete bem o que vivemos hoje, o que lhe compete um caráter atemporal, e ao mesmo tempo histórico no que trás de volta o princípio econômico da sociedade: a troca.


Anúncios

20 comentários

  1. vc encontra cada preciosidade…esse foi um dos livros que me iniciaram no mundo da leitura – pertencente a uma coleção – coleção vagalume , editora àtica – que deve ter sido tb responsável pela formação de muitos leitores. boa pedida.
    veja tb outros títulos dessa coleção – “o feijão e o sonho”. “menino de asas”, “12 horas de terror”, “Zezinho, o dono da porquinha preta” e etc…

    Curtir

    • Olá Cris, é sempre bom ver vc por aqui… rsrsrs
      Pois é, A Árvore que Dava Dinheiro foi tbm um impulsionador da leitura na minha vida. Li ele aos 14 anos, eu acho, e aproveitei essas férias para reler. Tentarei ler esses que vc está indicando.
      Estou aproveitando essas férias para adiantar minha leitura e eu li um livro indicado por vc e que vc adora, em breve ele será comentado aqui [suspense].
      Já li vários livros, mas estou sem pc aqui pra digitar as resenhas, mas em breve regularizo isso.

      Abraços

      Curtir

  2. Eita, é maldade..só pq sabe que sou curiosíssima….mas vou ficar sempre de olho no que vc escreve… vou aguardar a sua surpresa..beijos

    Curtir

    • Rsrs…
      Acho que vai gostar de eu ter lido, quero ler mais do autor e é vc que mais me proporcionar mais dele, pq se não me engano vc tem outras(s) obra(s) dele.

      Vai demorar um pouco ainda pra o texto chegar aqui, mas tentarei ser breve.
      bjos

      Curtir

  3. Cara, acredite se quiser, esse também eu não li! E olha que o tema com certeza teria me chamado a atenção, mas com certeza a culpa é da biblioteca que eu frequentava! 🙂

    Para pela sinopse perfeita!

    Como diria o Shrek, está minha lista! 🙂

    Abraços!

    Curtir

    • Joe, sempre bom ver vc por aqui.
      É um ótimo livro, acho que vai gostar.
      É divertido como o autor nos faz refletir sobre a questão do dinheiro, algo que todos nós amamos, rsrsrs.

      Quando ler comenta aqui.
      Abraços!

      Curtir

    • Olá Derop,
      Eu nunca vi e-book do livro para compra, nem mesmo e-book pirata, o que também não recomendo.
      O livro é bem fácil de achar em bibliotecas públicas!
      Abraço

      Curtir

  4. Eu gostaria, sim de achar o livro para ler online, mas eu não consigo, se alguém souber como achar livros inteiros online, por favor me falem!!!
    Obg!!!

    Curtir

    • Julia,
      O livro em e-book é realmente muito difícil de achar. Principalmente e-book pirata.
      Eu recomendo que você o procure em livrarias, pois o livro não é muito difícil de achar. Até porque ele é distribuído em escolas públicas em coleções de livros infantis.
      Beijos e volte sempre!

      Curtir

    • Oi Beatriz,
      Faz muito tempo que li esse livro e não lembro de detalhes. Mas acredito que tudo pode ser rapidamente respondido com a leitura.
      Abraços.

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s