Avatar (Idem, 2009)

Raras são as vezes em que vamos ao cinema com o intuito de ver apenas um filme, e na exibição nos deparamos com um verdadeiro espetáculo, um show de imagens. Algumas vezes ficamos embasbacados com a genialidade de um roteiro, em outras ficamos estagnados pela perfeição dos efeitos visuais, esse é o caso de Avatar, filme do já conhecido por outro espetáculo cinematográfico (Titanic), o canadense James Cameron. Apesar do grande alarde causado pela estréia desse filme, ele carrega alguns pontos negativos.

Avatar veio para quebrar o recorde de bilheteria que pertencia a Titanic, e consolidar de vez a carreira de James Cameron na história do cinema. Cameron além de diretor e produtor, é o roteirista do filme, e esse é o ponto mais negativo de todos. Em Titanic vemos um roteiro mal escrito e cheio de falas repetitivas; nesse o que desagrada é o “ecologismo” demasiado, que nos remete ao clichê fabular do “ser politicamente correto”. Porém é fato que existem filmes para serem vistos e filmes para serem ouvidos, se for para ambos, perfeito, talvez não seja o caso desse.

Tudo começa no ano de 2154, quando uma equipe de humanos explora o planeta Pandora, em busca de um mineral muito valioso, ironicamente batizado de unobtainium (algo que não se pode obter). Para isso há um estudo recíproco entre os povos, de um lado os humanos, do outro os índios de Pandora, os Na’vi, como são chamados. O planeta Terra encontra-se devastado pela ação do homem, e o mesmo destino tentam impor sobre Pandora. Com o uso de um exército de mercenários e a tecnologia dos “avatares” (transferência de mentes). Os humanos se infiltram entre o povo nativo através do fuzileiro naval Jake (interpretado por Sam Worthington). Enquanto ele aprende sobre os Na’vi, acaba se tornando um deles e aí muda todo o rumo da história. Trava-se uma batalha em prol dos interesses ecológicos de Pandora, e assim chegamos ao clímax.

O roteiro é bem simples e clichê, mas a complexidade pode ser dispensada nesse quesito. Tudo de complexo está nos efeitos que enchem os olhos, com um colorido intenso e animais fantásticos. Para isso usou-se de toda espécie de novas tecnologias, aproximando mais ainda o cinema dos videogames. Deve-se levar em conta também que o filme levou 15 anos para evoluir da idealização para as telas de cinema. Contudo Avatar não é só produção, é também um levantador de questões, em suas quase 3 horas de duração, o filme aborda temas como, ecologia, relações culturais e homem-ambiente, religião e muitos outros, usando a ficção-científica como plano de fundo.

O elenco é composto também por Zoe Saldana, Sigourney Weaver, Stephen Lang e outros, mas garanto que nem os notamos diante de tanta beleza presente no filme. Antes de Avatar, outros filmes causaram alvoroço em se tratando de superproduções, entre eles, Guerra nas Estrelas (de George Lucas) e O Senhor dos Anéis (de Peter Jackson), e como esses Avatar talvez venha com sucessões (trilogia) que o complementem, mesmo sem necessidade.

Muito já se falou e muito há de se falar sobre esse recordista de bilheteria, mas nada como conferir de perto a grandiosidade desse filme. Se ainda não viu, corra, pois o filme continua em cartaz (em algumas cidades). E acredite: Avatar não é um filme para ser visto na tela de um computador ou uma TV, nada como sua exibição na tela de um cinema.

Trailer:

4 comentários

  1. Esse filme me surpreendeu muito, pois mexeu com meu emocional, me fazendo ficar em estado de elforia e excitação durante sua boa parte (a maior). Apesar de envolver ficção científica, o que nao me agrada muito, ele envolve emoções e sentimentos. E, apesar de clichê, como citado anteriormente no texto, os temas ecologia, relações culturais e homem-ambiente, religião , são bem trabalhados para que não seja cansativos. Posso garantir que foi um dos filmes que nao me cansaram, apesar das 2:46 h de filme. Recomendo a todos que, assim como eu, tem ‘um pé atras’ com esse tipo de filme (ou esse em especial) que asistam. Nao haverá arrependimentos (creio eu kkk).

    Abraçoss

    Curtir

    • Mailson, eu bem vi isso, até pq esse foi outro filme que assisti com vc!
      Eu também me vi em momentos em que quase sai da cadeira.
      O filme realmente não é cansativo até pq são quase 3 horas e tive coragem de ver 2 vezes no cinema, sem me dá conta do tempo ter passado!
      Sobre ter o pé atrás com sci-fi, reveja isso pois é um gênero muito bom, tanto em cinema quanto em literatura.

      Abraços

      Curtir

  2. Esse é realmente um filme explendido! Visualmente maravilhoso! Surpreendente! Eu tive oportunidade de visualiza-lo em 3D estereotipo e garanto: É a revoluçao do cinema! Cinzas, moscas, plantas e todos os meros detalhes estao presentes sem exageros forçados por fora da tela! Sim, é um filme ligeiramente clichê, e com um pequeno toque de ambientalismo, mas o forte de Avatar são as riqezas do cenario e a grandeza dos efeitos especiais, desse que é o filme de maior orçamento e bilheteria da historia. Seu antecessor, King Kong de Peter Jackson tambem segue a linha de um cenario inteiro digitalizado, porem apenas Cameron conseguiu cativar e utilizar de maneira impressionante a nova tecnologia 3D.

    Bem, é isso! Mais uma vez parabens pelo blog, está perfeito em todos os aspectos!

    Abraços

    Gustavo Randazzo

    Curtir

    • Guh, vc disse tudo: Avatar é um filme “Visualmente maravilhoso! Surpreendente!”.
      Viu em 3D? Deve ter sido uma experiência e tanto, acho que se eu tivesse visto nesse formato, eu teria puxado mais sardinha pro lado dele, rsrs!
      Sobre essa quase rivalidade cinematográfica de Peter e Cameron, talvez a sorte esteja mais do lado de Cameron, pena que ele não teve tanta sorte assim no Oscar, lenvando só 3 prêmios, e os únicos que merecia!

      Obrigado pelos comentários inteligentes e que contribuem demais para o blog.

      Abraços

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s