Diários do Vampiro – O Confronto

As continuações de livros são sempre um presente aos leitores que se apaixonam logo pelo primeiro volume de determinadas séries. A série Diários do Vampiro, que começa muito bem com O Despertar (resenhado por mim AQUI), continua melhor ainda com seu segundo volume O Confronto (The Struggle, 1991). A autora norteamericana L. J. Smith acerta com um enredo envolvente que parece se complicar a cada página. O que parece muito simples começa a gerar certo suspense e mesmo sem grandes reviravoltas nos incita a ler freneticamente uma página após a outra.

Aqui no segundo volume as coisas continuam exatamente de onde parou o primeiro: Elena Gilbert finalmente está com Stefan Salvatore, mas parece que Damon entrou na disputa pela garota. No começo parece apenas que é um joguinho pra chatear o irmão mais novo, mas com o tempo Damon e Elena notam que sentem algo forte e inexplicável quando estão juntos. Será Elena uma encarnação adormecida de Katherine, ou trata-se apenas de uma mera semelhança? Difícil dizer logo no início, mas isso nos leva a querer ler toda a série.

Para piorar as coisas a pequena rixa entre Elena e Caroline cresce tornando-se um rivalidade ferrenha. Além da aura sombria de Damon, a garota enfrenta agora essa rival que está sendo ajudada por Tyler, que mais parece uma marionete. Eles tramam algo contra Elena e ela tem que ir contra esses planos para proteger Stefan. O mais curioso aqui é que os amigos de Elena: Matt, Bonnie e Meredith continuam ajudando em tudo, mas ainda não sabem nada sobre o segredo de Stefan. Nem Bonnie que é uma garota paranormal conseguiu descobrir, apesar de sentir a aura sombria e de mistério que envolve os irmãos Salvatore.

Caroline em posse do primeiro diário de Elena ameaça revelar que Stefan é o assassino dos ataques que aconteceram no primeiro livro. Elena deve impedi-la, mas em meio a isso ela tem que enfrentar outros problemas: a diferença de natureza entre ela e seu amado vampiro, revelar ou não o segredo a seus amigos, ir contra sua família que não aceita o amado e há ainda Damon, que é bem mais forte que Stefan e ameaça todos os queridos de Elena em troca de um mínimo de atenção forçada, sem contar que tudo isso faz com que ela guarde alguns segredos importantes do seu próprio amado. Conseguirá Elena proteger a todos e a si mesma? É esse o ingrediente secreto usado pela autora: a falta de respostas a perguntas pertinentes.

A narrativa continua no mesmo estilo, o que sugere que toda a história foi escrita toda de uma vez e dividido apenas por motivos editoriais. O ritmo se acelera como se tivéssemos chegando ao meio de um volume único, para podermos entrar no clímax do terceiro volume e por fim no desfecho do quarto. Como já dito essa série é composta por quatro livros (O Despertar, O Confronto, A Fúria e Reunião Sombria), mas a autora está lançando uma nova série intitulada Diários do Vampiro – O Retorno, que em breve será lançado aqui no Brasil pela mesma editora que publicou os anteriores, a Galera Record.

O final de O Confronto (Galera Record, 224 pág.) tem uma grande surpresa, porém não muito clara, fica um cheiro de dúvida no ar sobre o que está acontecendo, e quem arriscar a alternativa mais óbvia talvez acerte. Para saber de fato só lendo o próximo volume, que em breve aparecerá por aqui. Recomendo!

Anúncios

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s