Editora Draco

É com grande prazer que inicio no Cooltural mais uma série de posts. Dessa vez o enfoque será as editoras que apoiam o blog. E para começar apresento um pouco mais a vocês sobre a revelação desse ano: A Editora Draco!

Essa editora surgiu em 2002 como um projeto pessoal de Erick “Sama” Santos, editor e responsável, mas foi só no final do ano passado que o projeto voltou com tudo e dessa vez pra ficar! O diferencial da Draco é que ela tem como objetivo publicar apenas livros nacionais. Está trazendo para nós autores veteranos e novos, que merecem sim um espaço no mercado editorial brasileiro. A proposta da editora é a publicação de livros das mais diversas formas de ficção, tanto das que já existem como das que possivelmente venham a surgir, com um público formado por jovens e adultos, mas que tende a se ampliar.

É portante destacar que a editora não quer apenas publicar livros, mas fazer um trabalho editorial de qualidade, diga-se pelos mais de 10 anos de trabalho editorial de Erick. Os livros da Draco, além  da qualidade literária, possuem também edições belíssimas e com preços acessíveis. Até agora o catálogo da editora conta com 8 livros e crescendo, um exemplo é o livro do Ademir Pascale, O Desejo de Lilith, que já foi resenhado AQUI no Cooltural. Muitos livros estão para serem lançados ainda em 2010, e muitos outros para os próximos anos.

Apresento a vocês quatro títulos da Draco como sugestão de leitura. Espero que gostem:

Annabel & Sarah
Jim Anotsu (156 pág.)
Annabel & Sarah conta a historia de duas irmãs gêmeas, mas muito diferentes.
Annabel, uma garota cheia de atitude e sarcasmo não se entusiasma com a ideia de passar um fim de semana com a irmã Sarah, uma garota alegre e apaixonada por moda, que mora com a mãe do outro lado da cidade.
As coisas se transformam numa viagem à loucura quando mãos surgem de uma TV e sequestram Sarah. Agora, cabe a Annabel unir forças com um lobo detetive particular e encontrar a flor Amor-Perfeito, a unica coisa capaz de salvar sua irmã de um lugar onde todos são obrigados a serem felizes.
Elegante, divertido e de partir o coração, Annabel & Sarah vai te prender até a última página.

Imaginários Vol. 01
Org. Tibor Moricz, Saint-Clair Stockler e Eric Novello (128 pág.)
Neste primeiro volume da coleção Imaginários da Editora Draco organizado por Tibor Moricz, Saint‑Clair Stockler e Eric Novello, os autores Gerson Lodi-Ribeiro, Giulia Moon, Jorge Luiz Calife, Ana Lúcia Merege, Carlos Orsi, Flávio Medeiros, Roberto de Sousa Causo, Osíris Reis, Martha Argel, Davi M. Gonzales e Richard Diegues desafiam as fronteiras do real e apresentam excelentes histórias de fantasia, ficção-científica e terror.

Imaginários Vol. 02
Org. Tibor Moricz, Saint-Clair Stockler e Eric Novello (128 pág.)
Neste volume da coleção Imaginários da Editora Draco, os organizadores Tibor Moricz, Saint‑Clair Stockler e Eric Novello também participam com contos fantásticos ao lado dos autores João Barreiros, Jorge Candeias, Alexandre Heredia, Sacha Ramos, Luís Filipe Silva e André Carneiro, desafiando as fronteiras do real e apresentando excelentes histórias de fantasia, ficção-científica e terror.

Xochiquetzal
Gerson Lodi-Ribeiro (144  pág.)
O primeiro romance de Gerson Lodi-Ribeiro, o maior nome do gênero de História Alternativa no Brasil, com contos e noveletas publicados internacionalmente, Xochiquetzal – uma princesa asteca entre os incas é uma leitura fascinante para fãs de ficção especulativa ou para aqueles que procuram saborear uma nova e agradável experiência literária nacional.
“E se os portugueses tivessem acreditado em Colombo, descoberto a América e se aliado às civilizações que aqui floresciam?”
É desse ponto de partida – ou seria ponto de divergência? – que se desenvolve a história contada por Xochiquetzal, princesa dos astecas e filha d’algo entre os portugueses.
Casada com um dos maiores navegantes do Reino, o almirante Vasco da Gama, acompanha-o em suas viagens às terras distantes d’Além Mar. Com seu ponto de vista entre o irônico e o terno sobre a relação entre Portugal e as terras do novo continente, chamado de Cabrália, ela nos conduz em um admirável mundo novo – tanto para ela quanto para nós – em que portugueses e cabralianos se uniram para singrar os mares nunca antes navegados numa crônica minuciosa, divertida e emocionante, passando pela lendária Calicute até a misteriosa Cusco nas Alturas. O cotidiano da guerra, do mar e da relação entre duas pessoas tão diferentes é narrado de forma tão convincente que, no final, talvez fique a dúvida ao leitor sobre qual realidade seria ‘verdadeira’ e qual seria criada pelo escritor.

Observação: Para mais informações sobre livros, autores e análises de originais visite o Site e o Twitter da editora

Anúncios

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s