Na Estante #06

Olá a todos! Faz um mês que não faço uma postagem dessas. Estou aqui para me redimir. Como passou muito tempo desde a última postagem, devo dizer que chegou muita coisa nova na minha estante, desde presentes, cortesias das editoras parceiras e compras que fiz por aí. Então acho que os livros novos darão pelo menos uns 04 (quatro) posts, já que só apresento 07 (sete) livros por postagem (tenho certo sistematismo mesmo, rs). Andei sumido esses dias por conta dos trâmites acadêmicos e em especial pelo tempo que estou tendo que destinar ao estágio e à minha monografia. É, finalmente meu curso está perto de terminar. Como sempre tenho algumas novidades para o blog, inclusive o próximo post do Na Estante, que será especial. Vamos às indicações da vez:

01. Os Magos

Recebi indicações desse livro de um amigo meu. Segundo ele o livro é maravilhoso. Busquei a sinopse e fiquei muito interessado. Eis que logo na capa há uma recomendação de George R. R. Martin, autor que está fazendo o maior sucesso por aí. É por motivos assim que ele será uma das minhas próximas leituras. Os Magos narra a história de um tal de Quentin Coldwater, um jovem universitário que entra numa vida acadêmica incomum. Em meio a isso há o amadurecimento do personagem no que parece ser um romance de formação fantástico. O livro é de autoria do americano Lev Grossman e publicado aqui no Brasil pela editora Amarilys. Leia a resenha AQUI. (456 págs.)

02. Filhos do Éden – Herdeiros de Atlântida

Desde que Eduardo Spohr lançou seu A Batalha do Apocalipse, que fiquei curioso para lê-lo. Infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler seu romance de estréia. Embora recentemente eu tenha tido a bela surpresa de ganhar de presente um exemplar do primeiro volume de sua nova série Filhos do Éden – Herdeiros de Atlântida. E o melhor de tudo: autografado pelo autor (lá na Bienal do Rio). Segundo a sinopse não se trata da continuação do livro anterior do Spohr, apenas uma nova série no mesmo cenário e com personagens comuns a ambos. O livro é publicado pela editora Verus (do Grupo Editorial Record) numa edição lindíssima. Em breve a resenha aparece por aqui. (476 págs.)

03. O Inocente

Quando a editora Record lançou O Inocente, vi algumas pessoas comentando, pelo fato de que o autor viria para a Bienal do Rio. Como eu não estava planejando ir para o evento, acabei não me interessando. Até que eis uma surpresa. Ganhei o livro de presente de uma super amiga que esteve lá na Bienal, e detalhe: o livro está autografado pelo norte-americano Scott Turow, com meu nome. Trata-se de um romance policial, que segue a mesma linha de livros de julgamento de autores como John Grisham. Comecei a gostar desse tipo de história depois que vi o filme 12 Homens e Uma Sentença. Em breve posto a resenha. (434 págs.)

04. Robin Hood

Robin Hood é uma história que muita gente já conhece. Afinal, o que mais se ver por aí são adaptações e/ou referências em praticamente todas as mídias. Depois que assisti o filme Robin Hood de Ridley Scott, fiquei com vontade de ler alguma versão da história em livro. Só agora tive a oportunidade de ler a versão de Louis Rhead, publicada pela editora Amarilys. A edição do livro é muito bonita, cheia de ilustrações, que lembram muito histórias em quadrinhos. Aguardem a resenha. (256 págs.)

05. O Dia da Caça

A editora Arqueiro tem trazido muitos livros na linha dos romances policiais. James Patterson é o mais novo autor em quem a editora tem investido. O Dia da Caça é o primeiro livro do autor a chegar por aqui. Pela sinopse lembra muito os romances do Harlan Coben, outro autor publicado pela Arqueiro. Esse livro faz parte da série Alex Cross, cujo personagem rendeu vários títulos do autor. Aguardem a minha opinião. (224 págs.)

06. 4 de Julho

4 de Julho é outro título de James Patterson, escrito em parceria com Maxine Paetro, lançado pela editora Arqueiro, juntamente com o anterior. Esse faz parte de outra série intitulada Clube das Mulheres Contra o Crime. Segue também o gênero do romance policial, mas esse parece ter um ar mais feminista. Como muita gente tem falado muito bem do autor e como os livros dele estão vendendo bastante, acho que vou lê-los em breve, dai posto a resenha por aqui. (224 págs.)

07. Dia Após Noite

Não conhecia esse livro e muito menos essa autora. Fazendo uma breve leitura da sinopse, fiquei curioso pelo conflito que ele desenvolve. Gosto muito de histórias com dramas baseados em fatos reais, o que me parece ser esse o caso. Sem falar que o livro se passa pós-Segunda Guerra Mundial, um clima bem tenso para um romance desse tipo. Eu estava precisando um pouco de uma história assim, então vou ler em breve e posto a resenha. Dia Após Noite é de autoria de Anita Diamant e publicado pela editora Amarilys. (344 págs.)

Anúncios

2 comentários

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s