Eu Sei o Que Você Está Pensando, de John Verdon

O romance policial é um gênero que tem se multifacetado muito, desde os seus clássicos – Agatha e Doyle –, até seus representantes mais recentes. A capa de Eu Sei o Que Você Está Pensando, livro de estréia de John Verdon, promete apresentar um enigma digno de Agatha Christie. Talvez essa seja uma afirmativa audaciosa, no entanto a trama de Verdon parece atingir, ainda que com pequenas falhas, seu objetivo.

O que mais chama atenção para a leitura é a premissa de que há a possibilidade em adivinhar o que se está pensando. Sendo mais específico, o número exato em que se está pensando. E é basicamente assim que iniciamos o livro. Mark Mellery, um bem sucedido – dono de uma empresa de terapia para ricos – recebe uma carta, em que pedem para que ele pense em um número qualquer, ao abrir um envelope menor dentro do outro onde estava a carta, ele descobre o número em que havia pensado. Intrigante? Bom, de certo modo sim. É a partir daí que a trama se desenvolve.

Sem saber o que fazer ele procura um ex-colega, David Gurney, que é um detetive aposentado. A partir de então surge uma série de assassinatos intrigantes. Gurney se envolve de corpo e alma do caso, ainda que correndo o risco de arruinar seu casamento, que já não é lá tão exemplar.

Muitos personagens entram em cena, mas Verdon só desenvolve bem a personalidade do detetive. Os demais ganham apenas falas e cenas de (pouca) ação. O romance é bastante discursivo, e nisso o autor se mostra competente. O vilão, inominável, é cruel na medida do possível, mas não desaponta. A mistura de um serrial killer com o suspense de descobrir sua identidade ficou legal. Ao contrário de muitos livros, em que o leitor sabe quem é o killer e o suspense fica na dúvida (?) se a polícia o prenderá ou não.

Verdon prende na leitura e sabe conduzir bem o romance. Usa o mesmo caminho que Agatha usava em seus livros, no entanto com menos experiência. Não digo que ele possa se igualar a ela, mas se continuar assim será digno de relação. Como pecado eu apontaria o fato de o instituto de Mark Mellery não ser nem um pouco crível. E por está no início do livro, pode desagradar o leitor logo de cara. A casa de recuperação mais parece um recanto de auto-ajuda criado por Augusto Cury.

A Editora Arqueiro tem trazido muitos títulos e novos autores do gênero policial. John Verdon foi um acerto. Digo que Eu Sei o Que Você Está Pensando é digno de atenção, já que se trata do ponto inicial da carreira de um escritor em potencial para o gênero.

Postagens relacionadas:

– Resenha: Feche Bem os Olhos, de John Verdon
– Entrevista: John Verdon

Ficha Técnica

Eu Sei o Que Você Está PensandoTítulo: Eu Sei o Que Você Está Pensando
Título original: Think of a Number
Autor(a): John Verdon
Editora: Arqueiro
Tradução: Ivanir Calado
Edição: 2011 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2010
Páginas: 352
Sinopse: Uma carta perturbadora chega via correio com uma simples declaração ao final: “Veja como conheço seus segredos – apenas pense em um número.” Errará quem pensar que uma carta dessas chega a seu destino final apenas por obra do acaso. Para o detetive aposentado da polícia de homicídios da cidade de Nova York, Dave Gurney, que está formando uma nova vida ao lado de sua esposa Madeleine, as cartas começam a deixar de ser estranhas para se tornarem um complicado quebra-cabeça que levará a uma enorme investigação sobre assassinatos em série. Trazido para o caso como consultor, Gurney em pouco tempo percebe pistas que a polícia local deixou passar. Ainda assim, diante de um oponente que parece ter o dom da clarividência, Gurney vê seus esforços irem em vão, seu casamento rumando a um precipício e, finalmente, um medo incontrolável de que seu adversário não pode ser parado.

Onde comprar:
Submarino | Saraiva | Cultura

16 comentários

  1. Gostei muito da resenha. Sou bastante fã de romances policiais e adoro os livros da Agatha Christie e do Conan Doyle. Fiquei curioso! E faz tempo que não leio um bom romance policial, atualmente comecei a ler O Signo dos Quatro do Doyle, mais estou procurando algo mais atual e diferente! Valeu pela dica!!!

    Abraço,
    Alysson

    Curtir

    • Alysson,
      É sempre um prazer vê-lo comentando por aqui.
      Fico feliz que tenha gostado da resenha. Eu também sou fã de romances policiais. No entanto ainda não resenhei nada do Doyle aqui no blog. Resolverei isso em breve.
      Se chegar a ler este livro, comenta aqui de novo pra dizer o que achou!

      Abraços

      Curtir

  2. Não sou muito lá fã de Aghata Crhistie,

    mas acho que o o livro desse autor é um expoente dos novos lançamentos, que merece uma atenção mesmo (ou ainda mais porque) se trata de um novo escritor, começando agora seu trabalho. Ademais, a premissa de uma pessoa saber o que outra está pensando instiga a leitura, pelo menos para desvendar a charada.

    Curtir

    • Olá C.J,

      Ao contrário de você, eu adoro os livros da Agatha e foi através dela que me apaixonei por romances policiais.
      Quanto ao livro do John Verdon é realmente muito interessante, está saindo o segundo livro do autor pela Editora Arqueiro e que traz o mesmo protagonista desse, o título é Feche Bem os Olhos, fique atento!
      Abraços!

      Curtir

    • Oi Evelyn,
      Que bom que gostou, o John Verdon tem sido um dos meus autores de romances policiais favoritos da atualidade.
      Abraços!

      Curtir

    • Oi Elizabeth,
      Esse livro é muito bom mesmo, acho que você vai curtir, o segundo é ainda melhor. E o terceiro livro do autor sai ainda esse ano pela Arqueiro.
      Beijão e volte sempre.

      Curtir

  3. Adoro romances policias, desses que tem bastante mistério, suspense q te prende sabe! Gostei muito da resenha, que legal que o autor tem o estilo da Agatha Christie, pois sou fã de carteirinha dela, e mesmo q ele tenha menos experiência, acredito que ele va melhorar muito em seus proximos livros! Bjão!

    Curtir

    • Oi Adriana,
      Então o John Verdon é bastante promissor. O segundo livro dele é ainda melhor que o primeiro e o terceiro promete ser melhor ainda. É legal poder acompanhar o autor desde o início porque a gente percebe a evolução dele como escritor.
      Não deixe de ler nossa entrevista com ele.
      Obrigado pelo comentário, volte sempre.
      Beijos

      Curtir

    • Oi Milena,
      Que bom que gostou da resenha.
      O John Verdon é um autor muito promissor no romance policial. Não deixe de ler.
      Beijos

      Curtir

  4. Excelente resenha, apontou o que há de bom e nem tão bom assim na leitura.
    Tenho vontade de ler Verdon, tenho um de seus livros aqui e ainda não li.
    A história não me pareceu tão atraente, mas acho q o desenrolar pode ser, sim, instigante.
    Se Verdon anda nos caminhos de Agatha Christie já é uma ótima indicação. Mas ele faz como a dama do policial, aponta um assassino que jamais imaginei durante a leitura? Haha, sempre foi assim, nunca acertei nos livros de Agatha…

    Curtir

    • Oi Manu,
      Ah, não deixe de ler os livros dele, são realmente muito bons.
      Então, as reviravoltas não são tão mirabolantes quanto as da Agatha Christie. No caso do John Verdon tem mais ação, não é muito aquela linha de um grupo limitado de suspeitos. Tem um pouco disso, mas de forma mais diferenciada.
      Eu acho que você vai gostar sim!
      Beijão

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s