Viva Para Contar, de Lisa Gardner

“Sobrevivi. E, mesmo que não consiga me lembrar sempre do que aconteceu, eu vivo. Viver é a principal obrigação do sobrevivente. Essa é a história da minha vida.”

Confesso que assim que vi o livro já fiquei super ansioso para lê-lo. Felizmente as férias me permitiram isso o quanto antes. Não posso negar que os romances policiais me atraem de uma forma geral, mas tenho lido pouca coisa atualmente deste gênero. Ao ler a sinopse fiquei animadíssimo com a possibilidade de conhecer mais uma mulher encarregada de desvendar crimes.

D. D. Warren é uma detetive competente, inteligente, irônica e, consequentemente, cômica. Danielle Burton é uma enfermeira psiquiátrica, competente, no entanto, ela é a única sobrevivente de uma tragédia na sua família há 25 anos. E Victoria Oliver é uma dona de casa cuja única responsabilidade é cuidar do seu filho, Evan, o que não deixa de ser uma tarefa bastante complicada e desgastante. O que estas três personagens têm em comum? Simples, a competência. Todas elas não permitem que seus desejos pessoais atrapalhem o que elas devem fazer para que suas obrigações sejam feitas até o fim.

Narrado em primeira pessoa por cada uma das personagens, onda cada capítulo é destinado a uma delas, o leitor aproxima-se das cenas e emoções, o que torna a leitura mais prazerosa e viciante. Como a história desenvolve-se em torno de crianças com distúrbios comportamentais e psiquiátricos é muito complicado fazer um julgamento quanto a atos dos personagens. Até que ponto se deve ir para cuidar de uma criança? Até onde uma criança pode ameaçar uma vida?

Para tratar deste tema polêmico, Lisa Gardner fez uma pesquisa detalhada a cerca deste tipo de criança e tudo o que lhe diz respeito em termos de tratamento, atitudes, sentimentos, etc. Assim, o trabalho de Danielle ficou mais real, de mais fácil visualização. Dentre os distúrbios descritos pode-se citar o autismo, hiperatividade, compulsão, transtornos de humor, dentre outros vários.

Adorei como a autora une as cenas, descreve os acontecimentos. Achei fantástica a infinidade de referências citadas no texto, variando desde comidas até algo mais cult,como alguns livros e filmes. Só teve alguns detalhes que não achei digno da narrativa, que para mim estava perfeita até então. Há momentos em que temas místicos são citados, e acredito que isso fica um pouco deslocado, mesmo que ela consiga dar uma boa justificativa, ainda acredito que falte alguma coisa. Outro detalhe, meio que pessoal: “Achei o livro um tanto feminista”. Três personagens principais femininas, Uma das crianças com problema mental mais “fofa” é menina. Já os homens são os implicantes, as crianças mais problemáticas, além dos demais homens da trama que sempre acabam submissos ao desejo das personagens.

A maioria das pessoas quando lê romance policial sempre se preocupa em descobrir quem matou. Eu estou mais interessado em uma boa justificativa. Até porque é sempre dedutível quem é o assassino, mas as justificativas, se não forem bem feitas podem levar um livro ao fracasso. No caso de Viva Para Contar a justificativa é fantástica e as 480 páginas se tornam o passa-tempo mais rápido e gostoso que uma pessoa pode ter. Enfim, esta é uma excelente recomendação para todos os que gostam de um bom romance policial, pois além de mistério este ainda lhe proporciona muitas risadas.

A título de curiosidade, Viva Para Contar é o quarto livro da série D. D. Warren, da Lisa Gardner, e o único lançado pela Novo Conceito. Os demais livros são Alone, Hide, The Neighbor, Viva Para Contar, Love You More e Catch Me.

Título / Título original: Viva Para Contar / Live to Tell
Autor(a): Lisa Gardner
Editora: Novo Conceito
Tradução: Ivar Panazzolo Júnior
Edição: 2012 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2012
Páginas: 480

Onde comprar:
Submarino | Saraiva | Cultura

—————————
by José Mailson
Twitter | Skoob | Facebook 

Anúncios

3 comentários

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s