Palavras Envenenadas, de Maite Carranza

Palavras Envenenadas

Julguei o livro pela capa e levei quase um ano para ler Palavras Envenenadas. Não sou muito fã dessas capas com “pessoas reais”, não. Mas confesso que me arrependi por não ter lido antes. Esse tipo de capa me faz pensar que o livro é piegas, cheio de “eu te amo” e coisas afins. Mas as palavras desse livro são mesmo “envenenadas”. Elas pegam o leitor desprevenido, já que o livro é cheio de surpresas.

Antropóloga catalã e autora de Anaid e o Clã da Loba (Resenhada por Ademar Júnior AQUI), Maite Carranza agora nos presenteia com uma rede de mentiras e segredos. O enredo é bastante simples, mas esse título venceu o 18º prêmio Edebé de literatura juvenil. Contado em um dia, o livro lhe prende a cada linha, a cada parágrafo, viciando-o, fazendo o leitor sentir necessidade de saber quem é o sequestrador e descobrir o porquê de ele manter uma refém por quatro anos e nunca ter entrado em contato.

Sintetizando, o livro traz a história de Bárbara Molina. Ela desapareceu há quatro anos sem deixar vestígios, para o desespero da família. As investigações não levaram a lugar algum, exceto por uma ligação telefônica, a qual transforma a vida de todos os envolvidos no mistério.

Bárbara Molina é uma adolescente problemática, que diz viver uma vida adulta com apenas 15 anos. Ela administra duas vidas, uma para fugir do pai ciumento e da mãe desatenta; e outra apresentada para o resto do mundo. No entanto, a vida de todos muda quando ela é sequestrada e passa a viver em um porão de um homem desconhecido. Nesse local ela começa a ter outra vida, tornando-se um “objeto” do sequestrador.

Quanto aos demais personagens: Salvador Lozano é o policial que acompanhou o caso desde o princípio. Ele está em seu último dia de trabalho, pois irá se aposentar; Eva Carrasco é a melhor amiga de Bárbara. Embora tenha se distanciado de Bárbara nos últimos anos, ainda se consideram amigas; Pepe Molina é o pai ciumento, dedicado e amoroso, o qual foi incansável na busca por notícias da filha. Núria Molina é a mãe, submissa ao marido, que vive sob efeito de remédios. Como suspeitos principais temos Jésus, seu professor; e Martín, seu ex-namorado.

A história é dividida em três partes: A Garota que Assistia a Friends; Às Escuras; e O Mal de Molière. Com uma narrativa fácil, ela é contada quase toda em primeira pessoa, no entanto, sobre várias ópticas: Salvador Lozano, Nuría Solís, Eva Carrasco e a própria Bárbara Molina.

Mascarado de romance policial, Palavras Envenenadas nos apresenta o mundo sujo e pungente dos sequestros e cativeiros fétidos e obscuros. Além de reservar um segredo ainda mais podre, que a cada página se torna maior e mais revoltante. É importante ressaltar que essa realidade, embora apresentada numa ficção, está bem próxima de nós. A autora buscou fatos reais para fundamentar sua narrativa.

O que intriga mais é o fato de, a cada capítulo, conhecermos mais detalhes do desaparecimento que direcionam para diversos suspeitos, nos tornando confusos e nos distanciando do real culpado. Abandonar este livro é quase assinar um atestado de cumplicidade com o culpado. Por isso, ler é a única forma de solucionar esse caso. Este é um livro que não deve ser ignorado nunca, pois é nele que a realidade grotesca da sociedade moderna está desmascarada.

Título / Título original: Palavras Envenenadas / Palabras Envenenadas
Autor(a): Maite Carranza
Editora: Novo Conceito
Tradutor: Carla Raqueli Navas Lorenzoni
Edição: 2011 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2011
Páginas: 251

Onde comprar:
Submarino | Saraiva | Cultura

—————————
by José Mailson
Twitter | Skoob | Facebook 
| Filmow

Anúncios

2 comentários

  1. Confesso que também julgo os livros pelas capas, e que esse livro ia acabar passando despercebido por mim, mais ao ler esse post relacionado ao o livro “Palavras Envenenadas” me surpreendi, e com certeza será uma das minhas próximas leituras. Parabéns pelo blog.

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s