Estilhaça-me, de Tahereh Mafi

Estilhaça-me

Ele se move e meus olhos se estilhaçam em milhares de pedaços que ricocheteiam ao redor do quarto, capturando um milhão de fotos instantâneas; um milhão de momentos no tempo. Bonitas imagens desbotadas pela idade, pensamentos congelados pairando precariamente no espaço morto, um redemoinho de memórias que me cortam a alma. Ele me faz lembrar de alguém que eu conhecia.
Tahereh Mafi, Estilhaça-me, p. 10.

Estilhaça-me é o livro de estreia da escritora norte-americana Tahereh Mafi, que nos apresenta a história de Juliette, uma garota incomum capaz de machucar e até matar qualquer um que a toque. Esse romance de fantasia, pertencente ao gênero Young Adults (jovens adultos), alcançou sucesso de vendas em 22 países e já teve seus direitos de adaptação para o cinema comprados pelos estúdios da 20th Century Fox, antes mesmo da publicação do livro. No Brasil, foi publicado pela Editora Novo Conceito em 2012.

Juliette Ferrars, a protagonista dessa história, foi uma criança incompreendida e rejeitada pelos pais, pois desde que nascera a garota manifestava a capacidade de infligir dor a qualquer pessoa que ela tocasse. Por causa dessa capacidade singular e por ter assassinado um menino acidentalmente, Juliette foi isolada do convívio social e encarcerada num hospício. No entanto, após três anos de isolamento, já aos 17 anos de idade, sua sorte parece mudar, quando recebe a companhia de um rapaz em sua cela.

O novo companheiro de cela de Juliette é Adam, um jovem amigável, que revela à garota como está a situação atual do mundo lá fora. Uma organização de governo totalitário conhecida como O Restabelecimento assumiu o controle da população e agora escraviza a todos para que uma minoria possa viver com segurança e regalias.

A história de Juliette ocorre num futuro indeterminado em um mundo distópico, no qual a violência, a poluição e a falta de recursos para a sobrevivência humana atingiram proporções insustentáveis, as doenças alastraram-se por toda parte, não há comida nem água suficiente para todos. Também não há qualquer vestígio de animais vivos. Prometendo um futuro melhor para todos, O Restabelecimento impôs seu domínio a toda a sociedade e reuniu um grande exército para garantir a estabilidade desse novo governo.

Warner, líder de uma divisão do Restabelecimento e carismático antagonista do romance, retira Juliette da prisão e oferece a ela a possibilidade de uma vida confortável a seu lado. Com uma condição, porém, Juliette deve tornar-se uma arma, um instrumento de tortura, e matar todos que seu líder ordenar-lhe.

A jovem recusa a proposta de Warner, mas é levada à força para o prédio da divisão. Desse modo, Juliette descobre a real identidade de Adam, além de conhecer mais sobre si mesma e encontrar motivos para permanecer viva.

Capas pelo mundo: norte-americana, italiana, polonesa e sueca
Capas pelo mundo: norte-americana, italiana, polonesa e sueca

O romance é narrado em primeira pessoa pela protagonista, ou seja, temos acesso a todos os pensamentos de Juliette. Principalmente na primeira metade do livro, a narração assume um estilo mais intimista, focado no estado psicológico de Juliette, portanto nessa parte do romance a narrativa é mais arrastada e há muita repetição desnecessária de palavras, que a autora utiliza como recurso para dar ênfase a um pensamento ou sentimento.

Ainda nessa parte do romance, a autora explorou bastante o recurso de tachar palavras ou frases inteiras para expor pensamentos censurados pela própria personagem. Tal recurso chega ser empregado exaustivamente preenchendo uma página inteira do romance (página 21), que seria a representação de um pesadelo da personagem no qual ela própria luta contra uma ideia de seu inconsciente que a julga como louca.

Enquanto a primeira parte do livro pode ser um pouco cansativa para o leitor, já a segunda metade do romance pode proporcionar pura adrenalina para um apreciador de thrillers. É nesse momento da história que a ação desenrola-se, durante a fuga de Juliette com seu companheiro Adam, na qual ambos vivenciam um amor em meio ao caos, numa frenética corrida em busca da liberdade e da resistência contra o poder opressor.

Tahereh Mafi
Tahereh Mafi

É praticamente essa última parte que faz a leitura do romance valer a pena, uma vez que a autora injetou mais dinamismo na trama e restringiu um pouco a repetição dos recursos irritantes usados sem moderação no início do romance. Como este é o primeiro volume da trilogia e romance inicial da carreira de Tahereh Mafi, podemos torcer pela evolução de sua escrita e de seus personagens nas próximas sequências, das quais apenas o último volume ainda não foi lançado por aqui.

Sequência de publicação/Cronologia da série:

  1. Estilhaça-me (Shatter me, 2011)
  2. Destrua-me (Destroy me, 2012) – exclusivo em e-book gratuito
  3. Liberta-me (Unreval me, 2013)
  4. Ignite me (Fevereiro 2014)

Curiosidades:

  • RoguePolêmica comparação com a Vampira/Rogue de X-menA premissa de Juliette possuir um toque fatal gerou certa controvérsia entre os entusiastas de X-men, vez que a personagem Vampira/Rogue possui a habilidade especial de sugar a energia vital, a memória e os poderes de outras pessoas, por meio de um simples toque em sua pele. A autora de Estilhaça-me defende que não se inspirou em X-men e ressalta que ambas as personagens são muito diferentes. Vampira desenvolveu essa capacidade extraordinária durante sua adolescência, sofreu muito até aprender a conviver com seu poder, a mutante viveu no mundo do crime por um breve tempo, mas logo se aliou aos X-men e tornou-se heroína. Juliette, por sua vez, já nasceu com essa característica fora do comum, o que fez com que ela sempre fosse tratada como “anormal”, inclusive na escola, ela era separada dos outros alunos por meio de uma cerca de arame. Além disso, a protagonista de Estilhaça-me, não tem a capacidade de absorver poderes ou a memória de outras pessoas como a Rogue, e existem alguns personagens que são imunes ao toque de Juliette.
  • Sugestão para quem quiser conferir uma entrevista super divertida que a autora fez com ela mesma respondendo algumas perguntas sobre os personagens, na opinião deles, como se eles próprios estivessem sendo entrevistados => aqui. (Infelizmente, não achei legendado, mas quem puder, tente acompanhar ^_^)

Ficha Técnica

Estilhaça-meTítulo: Estilhaça-me
Título original: Shatter me
Série: Estilhaça-me
Autor(a): Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
Tradução: Robson Falchetti Peixoto
Edição: 2012
Ano da obra / Copyright: 2011
Páginas: 304
Sinopse: Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser uma guerreira.

Onde comprar:
SubmarinoEstante Virtual | Saraiva | Cultura

Anúncios

2 comentários

    • Olá Camila ^_^
      Que sortuda, ter um livro autografado pelo autor é algo muito especial!
      Também já estou ansiosa pela leitura de Liberta-me! Rsrs
      Beijos!

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s