Entrevista: Hermes Baroli

Hermes Baroli

Hermes Baroli tem 37 anos, é ator, empresário no ramo de dublagem e dublador. Começou a trabalhar com dublagem em 1986, quando tinha apenas 10 anos de idade, por influência do pai, Gilberto Baroli, também ator e dublador. Baroli já participou da dublagem de mais de uma centena de trabalhos, que incluem animes, desenhos animados, filmes, seriados, novelas e games. Entre os seus trabalhos mais importantes estão Seiya de Pégaso em Cavaleiros do Zodíaco, Matt Damon em O Resgate do Soldado Ryan, Edward Norton  em Clube da Luta, James Franco em 127 Horas, Roy Mustang em Fullmetal Alchemist e o Ciclope em X-Men Evolution. O Cooltural conheceu Hermes Baroli pessoalmente em 2010 durante a 11ª Feira HQ de Teresina. Na ocasião tivemos a oportunidade de conversar com ele para uma entrevista exclusiva, entrevista esta que permaneceu inédita até hoje, quando resolvemos torná-la pública.

Ciclope (X-Men Evolution), Roy Mustang (Fullmetal Alchemist), Seiya de Pégaso (Cavaleiros do Zodíaco) e Hermes Baroli (atuando).
Ciclope (X-Men Evolution), Roy Mustang (Fullmetal Alchemist), Seiya de Pégaso (Cavaleiros do Zodíaco) e Hermes Baroli (atuando).

Cooltural – Como começou seu trabalho como dublador?
Hermes Baroli –  Eu sempre circulei pelos estúdios de dublagem, pois meus pais já atuavam na área. Numa ocasião precisavam de uma voz de criança e me chamaram para o teste. Passei e comecei a trabalhar com isso.

Cooltural – Você acha que a dublagem é uma arte que tende a ser desvalorizada pelo público otaku, já que uma boa parte dos jovens prefere ver animes e filmes legendados?
Baroli – Duvido muito. O direito de ver no original ou com legendas deve ser respeitado, assim como o direito de ouvir na sua própria língua. É fundamental que o direito do consumidor seja respeitado.

Cooltural – Além de dublador você é ator, sendo que os dois trabalhos são bem parecidos. Atuar no teatro, por exemplo, lhe dá mais satisfação ou é uma espécie de válvula de escape para outras áreas?
Baroli – A dublagem é trabalho de ator, assim como a novela, as séries de TV, o cinema e o teatro. Sempre que o ator conseguir participar de todas essas áreas, mais fresco estará o seu trabalho. Porém, é fundamental, sempre que possível, que o ator retorne aos palcos, pois é ali que ele estará em plenitude.

Cooltural – Para se tornar dublador é necessariamente preciso ser ator primeiramente?
Baroli – Sim.

Cooltural – Você prefere ser visto e ouvido ou apenas ouvido?
Baroli – O ator é um ser ególatra. Ele gosta de ser o centro das atenções. E esse ego é importante para a boa qualidade de seu trabalho. Porém o ego é, na mesma proporção, o calcanhar de Aquiles do ator. Por que quando o ator acreditar que é bom, deixará de ser imediatamente. Portanto prefiro estar sempre por inteiro, ainda que só minha voz seja ouvida.

Cooltural – Você é fã de animes e mangás ou se envolve com essa arte apenas quando está trabalhando com ela?
Baroli – Não assisto TV com muita frequência e nunca fui de ler gibis e mangás. Mas terminei participando ativamente deste mercado. Hoje posso dizer que gosto de assistir alguns dos animes que dublei.

Cooltural – Você é mais conhecido como dublador por sua interpretação de Seiya de Pégaso em CDZ. Esse é seu personagem mais marcante. Há outro que o marcou muito também? Por quê?
Baroli – O Seiya marcou não só a minha carreira, mas marcou uma época, uma geração. Há muitos personagens importantes pra mim, divididos em diversas épocas ao longo desses 25 anos em que atuo em dublagem, porém o Seiya pode ser o representante desses outros personagens.

Cooltural – Sente falta de dublar o Seiya?
Baroli – O Seiya é o personagem mais presente dentre todos os que dublei. Sou lembrado disso quase que diariamente. Não deu tempo ainda de sentir falta.

Cooltural – Em sua opinião o que mudou no personagem de sua versão clássica para as mais recentes? Você como dublador fez alguma adaptação?
Baroli – Os traços mudaram, pois mudou a tecnologia e acho também que mudou a equipe de desenhistas. A nós dubladores cabe apenas fazer em português exatamente igual ao original.

Cooltural – Está com algum projeto de dublagem de animes em andamento? Quais?
Baroli – Estou cuidando da direção de The Lost Canvas, que é Cavaleiros do Zodíaco 250 anos antes. Também estou participando de Bleach.

Cooltural – E em outros segmentos está preparando algo que possa nos contar?
Baroli – Tem um comercial de Topper no ar. Tenho viajado com oficinas de dublagem pelo Brasil. E pode ser que apareça algo em Teatro aqui em São Paulo.

Cooltural – Já havia visitado o Piauí? O que achou do nosso Estado?
Baroli – Adorei conhecer Teresina. Adorei a cidade e as pessoas. Espero voltar logo.

Cooltural – Quer mandar algum recado para os leitores do Cooltural?
Baroli – Fiquem a vontade pra reclamar quando virem algo que não gostaram nas dublagens. E-mails, twitters, orkuts, facebooks, são ferramentas importantes de cobrança. Também podem ser usadas para elogios quando os tiverem. Mas é importante que os fãs participem. Afinal é pra vocês que fazemos o nosso trabalho.

Cooltural – Check-list Cooltural:
– Livro favorito: Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez
– Autor favorito: José Saramago
– Ator ou Atriz: Lima Duarte, Cleyde Yáconis, entre muitos outros e outras.
– Filme: Bastardos Inglórios (resposta de hoje, provavelmente seria outra amanhã.)
– Diretor: Fernando Meirelles
– Um sonho a realizar: Tantos…
– Um álbum musical: Chico Buarque

Cooltural – Obrigado pela entrevista, muito sucesso a você e seu trabalho. Grande abraço!
Baroli – Obrigado a vocês. Um meteorooooo de abraçooossss!

Hermes Baroli e Seiya de Pégaso
Hermes Baroli e Seiya de Pégaso

Redes Sociais:

Facebook | Fanpage no Facebook | Twitter | Instagram | YouTube | Site

Nota:

Esta entrevista foi realizada em 2010, portanto, muitas das informações podem já estar defasadas, tendo caráter apenas informativo e a título de curiosidade.

12 comments

    • Oi Matheus,
      O Hermes Baroli é profissional muito talentoso, e sim ele é o eterno Seiya, rsrs…
      Que bom que gostou da entrevista!
      Abraços

      Curtir

  1. Caramba, o Seiya!!! Eu era uma das poucas meninas da minha sala que assistia Cavaleiros do Zodíaco e adorava, tinha bonequinhos e tudo; nossa, agora bateu aquele momento nostalgia hahaha. Admiro muito o trabalho de quem dubla, é algo que exige talento e que geralmente não é reconhecido pelo público.
    Ah, detalhe, o livro preferido dele é Cem Anos de Solidão (meu preferido também), e o autor preferido é Saramago (um dos meus preferidos)… o cara tem bom gosto hehehe. =P

    Um beijo, Livro Lab

    Curtir

    • Oi Aline,
      Sempre que eu releio essa entrevista eu sinto nostalgia também. Quando eu era criança, adorava CDZ, tinha um monte de revistinhas sobre o anime, adorava ler tudo que fosse relacionado.
      O Hermes realmente tem um bom gosto, ainda não li Cem Anos de Solidão, mas morro de vontade. Já o Saramago eu adoro também.
      Beijos

      Curtir

    • Oi Soraya,
      Que bom que gostou da entrevista.
      Eu também era apaixonado por CDZ.
      É legal conhecer um pouco do que está por trás daquilo que gostamos, né?
      Beijos e obrigado!

      Curtir

  2. Legal nunca tinha visto o rosto desse dublador, gostei da entrevista e sou tipo de fã de anime que vê legendado não curto as dublagens hehe, gosto é gosto né

    bjos

    Curtir

    • Oi Taty,
      Que bom que gostou da entrevista, é legal conhecer o rosto por trás de personagens que nós gostamos.
      Eu também assisto quase tudo legendado, mas alguns animes eu prefiro dublado, como Dragon Ball, Cavaleiros do Zodíaco, Pokémon, esses mais clássicos.
      Beijos e obrigado pela visitinha.

      Curtir

    • Oi Claudinei,
      Eu também gosto muito do trabalho do Hermes, é um profissional excelente.
      Que bom que você curtiu.
      Abração!

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s