Alma?, de Gail Carriger

Alma?

Lorde Akeldama mostrou-se satisfeito. A única coisa que o faria ficar em casa, na noite de lua cheia, seria uma notícia fresca. Na verdade, o que o levara a mudar seus planos fora o pensamento de que, se a srta. Tarabotti o contatara para obter alguma informação, então, estava a par de algo muito importante também. O vampiro esfregou as mãos brancas e elegantes, empolgado. Informações: razão de viver. Bem, e moda, claro.
Gail Carriger, Alma?, pág. 192.

O gênero sobrenatural tem se consolidado cada vez mais na literatura nos últimos anos. A cada dia surgem novas séries protagonizadas por criaturas fantásticas, umas muito boas e outras nem tanto. Afinal, em meio a tantas possibilidades é preciso trazer algo novo a fim de agradar ao público que fica cada vez mais exigente. E eis que lhe apresento uma série que tem sim esse “quê” a mais, O Protetorado da Sombrinha (The Parasol Protectorate), da norte-americana Gail Carriger – pseudônimo de Tofa Borregaard.

Alma? (Soulless) é o primeiro de cinco volumes. Foi publicado em 2009, mas só chegou ao Brasil em 2013 pela editora Valentina, sendo o único lançado aqui no Brasil até o momento. O segundo volume, Metamorfose? (Changeless), tem previsão de ser lançado entre o final desse ano e início do próximo. Os demais – Blameless, Heartless e Timeless – não têm previsão de lançamento nem títulos nacionais definidos.

Umas das coisas mais legais no livro é a mescla de vários gêneros e estilos. A trama envolve História, romance e sobrenatural numa estética bem steampunk, que sem dúvidas foi o elemento que de fato a consolidou. O livro se passa no século XIX numa Londres vitoriana que aceita e reconhece os direitos de seres como vampiros, lobisomens e fantasmas.

A sociedade é estruturada de forma muito categórica e organizada em relação aos sobrenaturais, através do Departamento de Arquivos Sobrenaturais (DAS). Basicamente há três tipos de seres: os humanos normais, os sobrenaturais (vampiros, lobisomens e fantasmas) e os preternaturais, aqueles que nascem sem alma.

Soulless Manga - Screenshot
Alexia sendo atacada por um vampiro, cena do mangá.

Alexia Tarabotti é a protagonista, uma preternatural solteirona de aparência nada convencional, que não se adéqua aos ditames de sua época. Dona de uma intelectualidade ímpar, ela destila todo o seu sarcasmo naqueles que a subestimam. A história começa em um baile da alta sociedade, quando a Srta. Tarabotti encontra um vampiro faminto. Sem querer ela o mata, o que gera uma grande confusão. O DAS é acionado para investigar, através do seu responsável, o lobisomem Lorde Maccon, que é o Alfa de sua alcateia. Este está sempre acompanhado do seu Beta, o Professor Lyall.

Alexia possui certas desavenças com o Lorde, mas aos poucos passa a admirá-lo e não demora para que iniciem um relacionamento muito inusitado. Coisas estranhas começam a acontecer envolvendo vampiros errantes e lobisomens solitários. O DAS começa a investigação e a Srta. Alexia acaba se envolvendo, a contragosto de sua família e do próprio Lorde Maccon, que não quer ninguém metendo o nariz no seu trabalho. No entanto, Alexia tem um gênio forte e é uma mulher difícil de segurar.

Alexia Tarabotti

Os personagens são o ponto mais forte da série. Alexia é a representação da mulher feminista, que não se submete a regras tolas nem aos costumes patéticos e ultrapassados. O Professor Lyall e o Sr. Floote, o mordomo da família Loontwil à qual pertence Alexia, são a imagem do cavalheirismo e esbanjam etiqueta e refinamento, principalmente de como se deve tratar uma dama. Lorde Maccon é a intransigência em pessoa. Ivy Hisselpenny, a melhor e única amiga de Alexia, é o representativo de como as pessoas conseguem ser bregas sem se dar conta disso.

Entre todos o mais divertido e irreverente é o Lorde Akeldama (ver citação no início do texto), um vampiro errante da mais alta classe, um intelectual que flerta de perto com a extravagância. Sempre antenado na moda, em especial a francesa, Akeldama não mede esforços nem cores para estar radiante. Adora roupas em cores vivas e cheias de detalhes. Vive numa mansão com o que há de mais moderno em se tratando de luxo e decoração. Está sempre acompanhado de seu séquito de zangões, todos jovens muito bonitos e efeminados, não muito diferentes do seu amo. Lorde Akeldama é o melhor amigo, do sexo masculino, de Alexia e está sempre inventando chamativos carinhosos para ela. Assim como demonstrando constante seu amor para com seus tão amados zangões, em especial Biffy, seu queridinho.

Gail CarrigerA narrativa de Carriger é carregada de um humor sarcástico. Ela até mesmo brinca com clichês transformando-os em piadas, dando uma nova óptica à crítica. A rivalidade entre americanos e ingleses, que imperavam naquela época, é um exemplo claro. Além desse ar irônico a autora insere também uma pitada de erotismo e sensualidade, o que faz com que o romance além de divertido seja igualmente sexy, sempre com o uso do bom humor. Super recomendo!

Curiosidades:

  • A série foi adaptada para mangá nos Estados Unidos. Até o momento foram lançados dois volumes e um terceiro está previsto para Novembro desse ano. Os mangás são escritos pela própria autora dos livros e desenhados pela REM, que se tornou conhecida pelo público ao adaptar para os mangás a série Vampire Kisses.
  • Além da série inicial de cinco volumes, a autora anunciou uma segunda série intitulada The Parasol Protectorate Abroad que se passa 22 anos depois da primeira protagonizada por Alexia. O primeiro livro, Prudence, tem previsão de lançamento para a segunda metade de 2015.
  • Leia o primeiro capítulo AQUI (disponibilizado pela editora).

Sequência de publicação/Cronologia da série:

  1. Alma? (Soulless, 2009)
  2. Metamorfose? (Changeless, 2010)
  3. Blameless (2010)
  4. Heartless (2011)
  5. Timeless (2012)

Postagens Relacionadas:

Ficha Técnica

Alma?Título: Alma?
Título original: Soulless
Série: O Protetorado da Sombrinha
Autor(a): Gail Carriger
Editora: Valentina
Tradução: Flávia Carneiro Anderson
Edição: 2013 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2009
Páginas: 308
Sinopse: Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta. E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido. Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e… será que vai ter torta de melado? Uma das séries de Steampunk mais cultuada do mundo.

Onde comprar:
Saraiva | Cultura | Travessa

Anúncios

8 comentários

  1. Eu já li o livro e gostei bastante, pelo humor e pela construção genial da história. O universo steampunk foi bem estruturado, e a autora conseguia fazer uma alusão da história à realidade da época – principalmente a briga entre americanos e ingleses. Eu espero ler a sequências, e estou ansioso para Metamorfose?, e onde Alexia irá se meter, haha!

    Abraços, Joshua Guimarães
    Blog Pensamentos do Joshua – pensamentosdojoshua.blogspot.com

    Curtir

    • Oi Joshua,
      Para mim, esse livro foi uma bela surpresa. Eu adorei.
      Achei muito legal a trama que a autora construiu, assim como o humor inteligente.
      Também estou deveras ansioso pelo segundo, rsrs
      Abraços

      Curtir

  2. Oi, querido!
    A autora me ganhou em tudo nesse livro, com certeza. Desde a Alexia e seu humor sarcástico até a sensualidade do Lorde Maccon haha
    E o universo é tão legal, uma Londres vitoriana cheia de vampiros e lobisomens.
    Estou ansioso para continuar acompanhando as aventuras dessa preternatural que conquistou tantos leitores aqui no Brasil ❤

    Beijos
    Lucas ~ Descobrindo Livros

    Curtir

    • Oi querido,
      A Gail também me fisgou. Adorei a Alexia, e agora depois de tanto tempo, sinto saudades dela.
      Estou louco pra ler logo o “Metamorfose?”.
      Obrigado pelo comentário.
      Beijos

      Curtir

  3. Oi, Ademar!
    Fiquei super curiosa para ler esse livro, mas estou com um certo receio por saber que ele é o primeiro de uma série de 5 livros!! Será que vale a pena começar a ler mais uma série tão grande, tendo tantos livros aqui esperando na fila?!
    Beijos
    Camis

    Curtir

    • Oi querida,
      Então, quando eu o li também fiquei receoso pelo tamanho da série. Mas valeu a pena ler o primeiro, ou só piorou, porque fiquei morrendo de curiosidade para ler o restante, hahahaha…
      Se decidir ler me avisa e me diga o que achou.
      Beijos

      Curtir

    • Oi Michelly
      Ele é muito legal sim. No início você pode achar até um pouco paradinho, mas logo engata.
      Acho que você vai gostar.
      Beijos

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s