Faixa a Faixa: Andrea Begley – The Message (2013)

Andrea Begley - The Message (2013)

Chegamos ao nosso segundo “Faixa a Faixa”. Essa é a coluna na qual analisamos, música por música, algum álbum musical que achamos interessante compartilhar com vocês. Para dar continuidade, resolvi falar nesse mês do álbum de estreia da irlandesa Andrea Begley, The Message.

Para quem não conhece, Andrea Begley (Pomeroy, Irlanda do Norte, 26 anos) foi a ganhadora da segunda temporada do reality show musical The Voice UK. Durante o reality, Andrea integrava o time do vocalista do The Script, o também irlandês Danny O’Donoghue. Ao longo do programa, fomos conhecendo um pouco sobre a vida da cantora, assim como suas dificuldades e determinação para chegar onde chegou. Acontece que Andrea começou a perder sua visão aos seis anos de idade, por causa de um glaucoma, e atualmente ela possui apenas 10% da capacidade visual. Mesmo com tal adversidade, que a impede de se movimentar sem auxílio, Andrea ficou entre os finalistas do programa e venceu.

Andrea Begley

A principal marca de Andrea é sua voz doce e reconfortante, que aos poucos conquistou todo no programa. Antes mesmo de entrar para o The Voice UK, em dezembro de 2012, ela já havia lançado um single independente, From the Blue, com três faixas (The January SongThe MessageTalent in My Fingers). Entre as inspirações da cantora estão Ed Sheeran, Adele, Laura Marling, Ben Howard e Newton Faulkner, todos com influências perceptíveis sobre o seu estilo musical mais lento e melodioso.

Seu primeiro álbum, The Message, foi lançado em 21 de Outubro de 2013, apenas 04 meses depois do encerramento da segunda temporada do The Voice UK. Ao contrário da ganhadora da primeira temporada, Leanne Mitchell, Andrea preferiu lançar o álbum com um repertório composto por covers de músicas que gostava e apenas duas canções próprias, The Message Autumn. Algumas das faixas que compõem o álbum são canções interpretadas por Andrea durante o reality show. Até o momento, foram lançados dois singles do álbum, My ImmortalDancing In The Dark, ambos chegando ao Top 100 dos charts britânicos. Segundo a cantora, The Message é uma amostra do caminho musical pelo qual ela deseja enveredar.

I Didn't See That Coming, de Andrea BegleyA vida em meio às adversidades, a volta por cima desses problemas, até a vitória do reality show britânico, inspiraram Andrea a escrever sua autobiografia intitulada I Didn’t See That Coming (Não Vi Isso Acontecendo, em tradução livre), lançada três dias após o álbum. No livro, Andrea narra sua trajetória desde sua infância na Irlanda, o processo de perda da visão, seus dias na universidade, assim como sua paixão pela política e, acima de tudo, pela música. Quando se candidatou ao programa, Andrea trabalhava como funcionária pública e estudava para um mestrado em direito. Ela conta como foi pausar tudo isso para se dedicar ao programa e narra a experiência de trabalhar ao lado de Danny, seu mentor.

Vamos conferir o faixa a faixa?

1. Ho Hey

A primeira faixa do álbum é um cover da banda folk-indie norte-americana The Lumineers. A banda iniciou sua carreira ano passado, mas já alcançou grande sucesso em seu primeiro álbum autointitulado. Andrea apresentou essa música na primeira semana dos shows ao vivo do The Voice UK. É uma música energética, com uma letra romântica e entusiasmada.  Enquanto na versão original há batidas fortes e uma pegada mais folk, Andrea traz mais suavidade na sua versão, mas continua com a levada dançante e contagiante da música. Segundo a cantora, ela escolheu esta música como primeira faixa justamente por ser divertida e por ter se tornado tão popular.

2. Dancing In The Dark

Esse foi o segundo single do álbum de Andrea. A música é um hit do rock dos anos 80, com autoria de Bruce Springsteen. Aqui, a cantora transforma o rock de Bruce numa canção bem suave embalada por um piano e um violino bem marcados. Para Andrea, a música expressa o desafio que foi lançar o primeiro álbum. Ela canta “Você não pode começar um incêndio sem uma faísca. […] Mesmo se estivermos apenas dançando no escuro.“, nesse caso o The Voice UK foi a faísca que Andrea precisava. Confira e se delicie com o clipe:

3. Secret Smile

Secret Smile é um cover da banda de rock alternativo estadunidense Semisonic. Essa é mais uma canção de rock para a qual Andrea dá uma nova roupagem mais suave. A faixa fala sobre a felicidade e a experiência de Andrea estar gravando seu primeiro disco. De como ela está feliz consigo mesma por conseguir fazer algo que gosta, numa espécie de felicidade interna, aquele sorriso que damos pra nós mesmos.

4. Breakfast At Tiffany’s

Esse é um cover da banda pós-grunge americana Deep Blue Something. Breakfast At Tiffany’s é também uma referência ao filme dos anos 60, Bonequinha de Luxo, estrelado por Audrey Hepburn e inspirado na obra de Truman Capote. Na música, um cara tenta convencer sua namorada, com quem está para terminar, que ambos terem gostado do filme Bonequinha de Luxo é motivo suficiente para continuarem juntos. A faixa dá uma animadinha no álbum de Andrea, mas sem perder o clima de baladinha que vem desde a segunda música.

5. The Message

A faixa título é a primeira música autoral do álbum. Como já disse, The Message já havia sido lançada em um single antes mesmo de Andrea participar do The Voice UK. No entanto, a música ganha novos arranjos com produção do vocalista do The Script, Danny O’Donoghue. A canção tem uma letra muito pessoal, que fala sobre a dificuldade que temos às vezes de fazer com que as pessoas entendam o que queremos dizer nas entrelinhas. Em especial, quando se trata de relacionamentos, nos quais, em geral, queremos que o outro praticamente adivinhe o que estamos pensando. Ouça a versão acústica:

6. Lightning Bolt

Lightning Bolt é outra faixa que quebra um pouco o ritmo mais calmo do álbum. Trata-se de um cover do cantor e compositor inglês, de 19 anos, Jake Bugg. A música tem um ritmo voltado para o indie rock e Bugg é constantemente comparado e apontado como o novo Bob Dylan, especialmente por essa música. Em sua versão, Andrea mantém a animação e a pegada country rock da canção, embora sem os elementos característicos de Bugg – voz anasalada e refrão mais eletrizado.

7. Angel

Eis mais uma música que Andrea interpretou no reality show, essa em especial foi performada duas vezes, nas audições às cegas e na final do programa. A canção, da canadense Sarah McLachlan, foi tema da trilha sonora do filme Cidade dos Anjos (1998), estrelado por Nicolas Cage e Meg Ryan. Para Andrea, cantar essa música na audição do The Voice UK era sua oportunidade de dizer: “Passa todo seu tempo esperando. Por aquela segunda chance. Por uma oportunidade que deixaria tudo bem. Sempre há um motivo. Para não se sentir bem o suficiente“.

8. Latch

Latch talvez seja a incursão mais arriscada de Andrea nesse álbum, embora ela mesma declare que esta é uma de suas faixas favoritas. Aqui a cantora adapta a música do duo inglês de música eletrônica Disclosure. A música original (recomendo que ouçam, quem curte música eletrônica e synthpop, claro) é uma mistura bem legal de house com R&B. Na versão de Andrea, a música perde completamente sua identidade e ganha um ar mais acústico, acompanhado pelo piano e violino. A versão se encaixa bem na unicidade do álbum, mas me arrisco a dizer que esse é o único cover de Andrea que não supera a versão original.

9. Autumn

Essa é a segunda música autoral de Andrea no álbum. Autumn casa bem com o desenvolvimento do disco e mostra claramente a influência de Adele na carreira de Andrea, não é difícil imaginar Adele performando essa música. A canção fala sobre mudanças, sobre como podemos nos renovar, assim como as folhas que caem no outono e crescem novamente na estação seguinte. Ouça a versão acústica:

10. Take On Me

Esse é um hit mundial, da banda norueguesa A-ha. Outra incursão de Andrea pelo synthpop, a canção original tem uma levada agitava, marcada pela presença forte de sintetizadores e muito teclado. Andrea deixa a música bem lenta em sua versão, que nesse caso funciona muito bem. A voz da cantora atribui leveza à faixa, dando uma roupagem bem diferente, mas de forma positiva. Segundo Andrea, essa é uma de suas canções pop favoritas.

11. Falling Slowly

Falling Slowly é um cover da banda irlandesa The Frames. A música fez parte da trilha sonora do filme Apenas Uma Vez (2006), estrelado pelo próprio vocalista do The Frames, Glen Hansard. A canção tem uma mensagem de esperança que dialoga muito bem com a vida de Andrea: “Pegue esse barco afundando e o mande para casa. Nós ainda temos tempo, erga sua voz esperançosa. Você tem uma escolha, você conseguiu agora“. A melodia ganha, ainda, uma suavidade toda especial na voz da cantora.

12. Love Will Tear Us Apart

A penúltima faixa é um cover da banda de pós-funk inglesa Joy Division, formada na década de 1970. Love Will Tear Us Apart tem uma letra depressiva, característica da banda, mas que nessa nova versão ganha um toque mais emotivo e limpo. Aqui ainda permanece um pouco da melancolia do original, no entanto, Andrea não parece se lamentar, mas advertir sobre as possibilidades negativas do amor: “O amor, o amor vai nos despedaçar de novo“.

13. My Immortal (Bonus Track)

My Immortal, da banda americana Evanescence, fecha o álbum como uma faixa bônus. Andrea escolheu essa para ser a última faixa do disco pelo fato de que a música tem um significado muito importante para ela. E também, pelo fato de que essa foi a música que ela cantou na final do The Voice UK, no qual foi a mais votada pelo público, garantindo-lhe a vitória do reality show. My Immortal foi lançada como primeiro single, logo após o encerramento do programa, e atingiu a 30ª posição nos charts britânicos. A versão de Andrea é fraquinha se comparada à original, mas ainda assim é uma música gostosa de ouvir na voz doce da irlandesa.

Ficha Técnica

Andrea Begley - The Message (2013)

Álbum: The Message
Artista: Andrea Begley
Duração: 00:45:04
Lançamento: 21/10/2013
Gravadora: Capitol Records
Gênero: Pop
Melhores Faixas: Ho Hey, Dancing In The Dark, Secret Smile, Breakfast At Tiffany’s, The Message, Lightning Bolt, Angel, Autumn, Take On Me

Redes Socais:
Facebook | Twitter | Instagram | Google+

Onde comprar:
iTunes | Amazon

Espero que tenha gostado da dica. Já ouviu o álbum de Andrea? Se sim, deixe sua opinião dizendo o que achou; se não, experimenta, vale muito a pena, principalmente se você gostar de músicas calminhas cantadas por uma voz doce e suave. Fique a vontade para sugerir álbuns para nossa coluna especial de música. Até a próxima!

9 comentários

  1. Oi Oi!
    Eu não conhecia a cantora, porém me apaixonei, já fiquei interessada quando citou que ela tem como uma de suas inspirações Adele (cantora que eu sou totalmente apaixonada). Ouvi as musicas que você colocou na postagem e são realmente boas. A voz dela é linda e muito calma, perfeita demais pra estudar e dormir *—-*
    Adorei a dica e vou tentar conseguir o álbum pra mim, além de que vou aproveitar e apresenta-la a qualquer momento no meu blog, dando os devidos créditos ao teu blog, já que foi aqui que conheci. Quando eu fizer a postagem sobre ela, aviso.

    Beijos da Lua!
    http://www.tyciahadiresenhas.blogspot.com

    Curtir

    • Oi Luna,
      Que comentário mais lindo o seu, viu? Adorei.
      Eu gostei da Andrea desde a audição dela no The Voice UK. Acompanhei toda a temporada que ela participou. Ela realmente tem uma voz linda e calma, gosto muito disso.
      Vou adorar ver você falando dela no seu blog. Me manda o link quando o fizer.

      Beijos

      Curtir

    • Oi Camis,
      Que bom que gostou. Então, eu também não sou de acompanhar muito esses programas também, com exceção do The Voice UK, que eu assisti as duas primeiras temporadas por causa da Jessie J. Ela saiu, mas talvez eu assista a terceira. Aos demais só vejo vídeos esporádicos no YouTube, rsrs…

      Espero que tenha gostado das músicas.
      Beijão!

      Curtir

  2. Nossa! Não conhecia essa cantora. Tanta gente de talento acabamos deixando passar!
    Eu adorei a indicação, já vou baixar aqui no computador.
    Sabe, fiquei emocionada com a história dela, e acho super merecido que ela tenha ganho o reality show. É uma história de superação, que nos faz ver como somos agraciados todos os dias.
    Beijos

    *Estou com promoção lá no blog: Meu Meio Devaneio

    Curtir

    • Oi querida,
      Eu conheci a Andrea através do The Voice UK. Acho que você vai adorar o álbum dela, ouça mesmo.
      A vitória da Andrea foi muito emocionante, até para ela mesma, já que a favorita a ganhar o prêmio era outra candidata, rsrs…

      Beijos

      PS: pode deixar que vou participar da promoção sim.

      Curtir

  3. Por incrível que pareça não a conhecia, mais sabe que até gostei? Ela tem uma musicalidade e uma voz envolvente. Adorei conhecê-la. Vou procurar por suas músicas. Beijos.

    Curtir

    • Oi Elizabeth,
      Pouca gente conhece a Andrea, pois ela lançou o primeiro álbum ainda muito recente.
      Mas como você percebeu, ela é incrível. Vale muito ouvi-la.
      Que bom que curtiu.
      Beijos

      Curtir

  4. Simplesmente fantástica, tem uma doçura na voz que não dá vontade de parar de ouvir. Me apaixonei assim que ouvi ela cantando a 1 vez.

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s