A Filha do Sangue, de Anne Bishop

A Filha do Sangue

— Há muito, muito tempo as Trevas têm um Príncipe. Agora, a Rainha está a caminho. Pode levar décadas, até séculos, mas está a caminho. — Com o queixo, aponto os Senhores e Senhoras sentados às mesas. — Quando isso acontecer, eles já serão pó, mas você e o eyrieno estarão aqui para servir.
Anne Bishop, A Filha do Sangue, pág. 19

A leitura desse livro se deu por causa do Encontro de Fãs de Literatura Fantástica, que aconteceu em Julho, promovido pela Editora Saída de Emergência. Entendo que já faz algum tempo e que a resenha está “um pouco” atrasada, mas antes tarde do que nunca. Essa demora é por causa de alguns contratempos pessoais, bem como ao fato de não saber bem o que falar sobre esse livro. Não que ele seja ruim, mas minha inexperiência no gênero fantástico me causou certo bloqueio. Mas vamos ao que interessa!

A Filha de Sangue, de Anne Bishop, é o primeiro volume da Trilogia das Joias Negras. A história se passa no Reino Distorcido, o qual vem esperando que uma antiga profecia se cumpra: a chegada de uma nova Rainha. Mas não se engane ao pensar que esta é uma feiticeira comum, ela é “a Feiticeira”, aquela que virá com poder superior ao próprio Senhor do Inferno. Setecentos anos após esta profecia ser anunciada, a jovem Jaenelle é descoberta, mas ela ainda é jovem e imatura, apesar de poderosa. Ela ainda pode ser muito influenciada, e é a partir dessa premissa que os três “machos” mais poderosos ‑ Saetan, Lucivar e Daemon ‑ decidem que precisam protegê-la (e dominá-la). Mas esse jogo cruel por interesses políticos e de poder (no seu sentido mágico) pode ser mais terrível do que parece.

Anne Bishop

Gostaria de falar alguns detalhes sobre o universo em que a história se passa, mas isso pode parecer um pouco confuso. Inicialmente, como se trata de seres fantásticos, sua hierarquia de força mágica é determinada pela cor de uma joia que cada um se apodera num ritual de inicialização enquanto jovem. Quanto mais escura for a cor da Joia, maior será o poder de quem a utilizar. Apesar de confuso, cada ser pode evoluir para uma joia mais escura que sua joia inicial. No entanto, deve-se saber de antemão que o universo é dominado pelas mulheres – As Feiticeiras. As mais poderosas são as Viúvas Negras, já que possuem a Joia Negra (mais poderosa). São elas que constituem suas cortes e dominam as regiões. Já os homens, são apenas escravos sexuais ou “meros objetos de guerra”.

Apesar da sua “pouca importância” na sociedade, são os personagens masculinos quem se destacam na narrativa. Ler esse livro e não passar vários dias pensando em Damon Sadi – o Sádico ‑ é praticamente impossível. Sinceramente, ele foi um dos principais personagens responsáveis pelo termino da leitura. Apesar de instigante, a leitura é um pouco cansativa, a protagonista é “madura demais” para ter apenas 12 anos, e os universos não são bem explicados, para um primeiro livro. Não tem como não sentir falta de uma descrição melhor do “Reino Distorcido”. Mas ainda assim é uma boa história.

Anne Bishop
Anne Bishop

O livro é lindo e possui uma diagramação perfeita. Alguns detalhes facilitam a leitura, como: a lista com o nome e descrição dos principais personagens; a lista das cores das joias e sua hierarquia; a organização hierárquica entre machos e fêmeas e suas respectivas castas. Mas, pelo fato de haver muitos reinos e lugares, acredito que um mapa seria interessante. No entanto, essa ideia só me ocorreu no momento em que fui pesquisar um pouco mais sobre livros de fantasia e percebi que a grande maioria deles vem com uma descrição dessas, como: O Senhor dos Anéis, O Hobbit, A Espada de Shannara, As Crônicas de Gelo e Fogo, entre outros.

O segundo livro da trilogia, A Herdeira das Sombras, foi lançado esse mês… Fiquem atentos e Boa Leitura!

Sequência de publicação/Cronologia da série:

  • A Filha do Sangue (Daughter of the Blood, 2014)
  • A Herdeira do Sangue (Heir to the Shadows, 2014)
  • Queen of the Darkness (2000)

Sequência de publicação/Cronologia da Spin-off:

  • The Invisible Ring (2000)
  • Dreams Made Flesh (2005)
  • Tangled Webs (2008)
  • The Shadow Queen (2011)
  • Shalador’s Lady (2010)
  • Twilight’s Dawn (2011)

Postagens relacionadas:

Ficha Técnica

A Filha do SangueTítulo: A Filha do Sangue
Título Original: Daughter of the Blood
Autor(a): Anne Bishop
Série: Jóias Negras
Editora: Saída de Emergência
Tradução: Cristina Correia
Edição: 2014 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 1998
Páginas: 432
Sinopse: O Reino Distorcido se prepara para o cumprimento de uma antiga profecia: a chegada de uma nova Rainha, a Feiticeira que tem mais poder que o próprio Senhor do Inferno. Mas ela ainda é jovem, e por isso pode ser influenciada e corrompida. Quem a controlar terá domínio sobre o mundo. Três homens poderosos – inimigos viscerais – sabem disso. Saetan, Lucivar e Daemon logo percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. Assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, no qual as armas são o ódio e o amor. E cujo preço pode ser terrível e inimaginável.

Onde comprar:
Cultura | Saraiva | Estante Virtual | Submarino

Anúncios

2 comentários

  1. Olá!
    Adoro literatura fantástica e já tinha ouvido falar nesse livro, mas de inicio não me interessei muito assim.
    Estará na lista de leituras (só não será um dos primeiro do gênero que euro ler por agora).

    Adoto o blog e gostei muito da resenha!
    Beijos,
    Julie:)

    feitasdepapel.blogspot.com

    Curtir

    • Olá, Julie.

      Obrigado pelas belas palavras. Pretendo ler outros livros de dark fantasy, mas não por hora.
      De imediato, pretendo ler apenas o segundo volume.

      Vou dar uma olhada no blog.
      Beijos!

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s