Lançamento Especial: Valis, de Philip K. Dick

*O texto abaixo é a reprodução do release de lançamento do livro, cedido pela editora, não é de autoria do blog, nem expressa nossa opinião sobre o livro. Nossa resenha será publicada futuramente.

Publicado em 1981, Valis é um dos últimos livros escritos pelo norte-americano Philip K. Dick. Esgotada há algum tempo, a obra agora volta às livrarias com uma nova capa e material extra: a HQ A experiência religiosa de Philip K. Dick. Ilustrado por Robert Crumb (Mr. Natural, Fritz The Cat, America), o quadrinho retrata o “encontro” de Dick com Deus, episódio contado em Valis.

Dick é conhecido principalmente por suas obras de ficção científica – sendo que muitas foram adaptadas para o cinema e resultaram em filmes como Blade Runner, Minority Report e O Vingador do Futuro –, mas Valis é um “romance policial teológico” e… autobiográfico.

A Trama

O livro é narrado e protagonizado por Horselover Fat, um sujeito melancólico e obsessivo, o alter-ego de Dick. Fat recebe uma revelação divina de forma muito bizarra: por meio de um feixe de luz cor-de-rosa. Durante essa revelação, ele toma conhecimento de que seu filho sofre de uma doença ainda não diagnosticada pelos médicos. Fat tem plena certeza de que se trata de uma emanação de Deus, ainda que o próprio Dick duvide: para ele, o personagem pode estar simplesmente louco.

Fat está convencido de que uma entidade superior, que já foi Buda e Jesus, está para nascer a qualquer momento, e não vai descansar enquanto não encontrá-la.

Filosofia, teologia e teorias da conspiração são alguns dos temas presentes e que se entrecruzam na teia do livro. A ficção científica também se mostra de alguma forma, já que não poderia ficar completamente de fora. Afinal, se Fat estiver certo, Deus não é necessariamente uma entidade suprema transcendental, mas algo como um alienígena perigoso e muito poderoso.

Valis preenche uma lacuna importante: os últimos anos da vida de Dick, seus pensamentos e sua visão de mundo. Em nenhuma outra obra o autor expôs tanto e revelou tanta coisa a respeito daquilo em que acreditava como o faz nesta. Mesmo Dick às vezes tinha dúvidas sobre a própria sanidade. Seria mesmo louco? Ainda que essa pergunta fique no ar, uma certeza, já partilhada pelos leitores, permanece: Philip K. Dick é um dos maiores escritores do século XX.

Drops

  • A experiência religiosa de Philip K. Dick (Pág01)Clique na imagem ao lado e leia um trecho do quadrinho de Robert Crumb:
  • Valis é o primeiro livro da trilogia a que dá nome, composta por A Invasão Divina (1981) e A Transmigração de Timothy Archer (1982).
  • O livro conta com um posfácio de Fábio Fernandes, tradutor de obras clássicas como O Homem do Castelo Alto, de Philip K. Dick, Laranja Mecânica, de Anthony Burgess, 2001: Uma Odisseia no Espaço, de Arthur C. Clarke, entre outros títulos.
  • A Aleph também publica outras obras de Philip K. Dick: O Homem do Castelo Alto (vencedor do Hugo Award de 1963), Ubik (eleito um dos cem melhores romances em língua inglesa do século 20, pela revista Time), Os Três Estigmas de Palmer EldritchRealidades Adaptadas, Fluam, Minhas Lágrimas, Disse o Policial (vencedor do John W. Campbell Award de 1975) e Androides Sonham Com Ovelhas Elétricas?.
  • Durante seus 30 anos de carreira, Dick publicou 121 contos e 44 romances, além de escrever um diário que nunca foi publicado integralmente e que contém cerca de 1 milhão de palavras, chamado Exegese.
  • Leia o primeiro capítulo AQUI.

O Autor

Philip Kindred Dick nasceu nos Estados Unidos em 1928. Ao longo de seus 53 anos de vida escreveu intensamente e com maestria. O profundo questionamento da condição humana e da verdadeira natureza da realidade tornou-se uma marca indelével de sua obra – tanto que a ficcionista Ursula K. Le Guin chegou a considerá-lo o Jorge Luis Borges norte-americano. Dick morreu em 2 de março de 1982, em decorrência de um acidente vascular cerebral, deixando publicados cinco coletâneas de contos e 36 romances. Embora não tenha tido o justo reconhecimento em vida, várias de suas obras tornaram-se conhecidas ao serem roteirizadas para o cinema. Além de Blade Runner, baseado no romance Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?O Vingador do FuturoMinority Report e Os Agentes do Destino, entre outros filmes, foram inspirados em contos de Dick, os quais integram Realidades Adaptadas, edição inédita no mundo organizada pela Aleph.

Dados Técnicos

Título: Valis
Título original: Valis
Autor: Philip K. Dick
Editora: Aleph
Tradução: Fábio Fernandes
Edição: 
Formato: 14×21 cm
Número de páginas: 312
Preço de capa: R$ 39,90
ISBN: 978-85-7657-177-3

Postagens relacionadas:

Anúncios

2 comentários

  1. AAAAh mais um lançamento do Philip K. Dick e eu ainda não li nada dele =/ Infelizmente ainda vai demorar um pouquinho pra eu comprar algum livro novo, porque estou tentando diminuir a pilha de não lidos aqui, mas com certeza esse entrou pra lista só por ser dele e acredito que seja um autor que merece ser lido por todos aqueles que gostam de ficção cientifica.

    Abraço!
    http://www.umomt.com

    Curtir

  2. Notícia animadora! Relançamento com material extra é praticamente uma ordem para ter na estante. O próximo que lerei do Dick é Fluam, minhas lágrimas, disse o policial. Já estou com ele aqui e a expectativa está lá no alto, viu.

    Beijão, Livro Lab

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s