Contando Estrelas, de Helen Dunmore

Quem quiser enumerar
seus milhões de casos amorosos
deve antes contar
cada grão de areia da África
e todas as estrelas resplandecentes
Helen Dunmore, Contando Estrelas, pág. 7

Numerosos relatos, boatos e lendas circundam a vida amorosa dos poetas clássicos e a relação com suas musas. Especialmente entre os poetas românticos, a musa, ou mulher amada, servia como a principal fonte de inspiração para a criação artística de um poeta. Assim como a devoção de Petrarca e Dante por suas respectivas musas, Laura e Beatriz, permeava a obras desses grandes poetas, o amor excessivo de Catulo por Clódia também constituía um tema frequente na poesia desse autor.

E foi essa paixão obsessiva de um dos mais renomados poetas latinos por uma sedutora e irresistível patrícia que inspirou a produção do romance Contando estrelas: A conturbada história de amor entre o poeta Catulo e sua musa Clódia, escrito pela britânica Helen Dunmore, membro da Royal Society of Literature, tendo publicado diversos poemas, romances e livros infantis, e vencedora de importantes prêmios literários, como o Women’s Prize for Fiction.

O livro é narrado na voz do próprio Catulo, quase num tom confessional, como se ele estivesse relembrando e recontando a sua história amorosa à amada, Clódia. Tal estilo narrativo assemelha-se a uma carta, como se fosse endereçada somente a ela, a musa que domina seus pensamentos.

Eu estava sozinho com você e tinha medo de olhá-la. (…)

Eu devia ter lhe oferecido calor e água, como um noivo faz com a noiva quando ela vai à sua casa pela primeira vez. Essa ideia não passou pela minha cabeça. A casa não era minha. Você não era a minha noiva, era esposa de outro homem. Eu era muito literal para um poeta. (p. 14)

Eu estava errado. Era eu que me iludia. Imagine, Clódia, eu pensava que seu passado não importava. O calor da nossa paixão o afastava como uma névoa. Uma boa comparação, mas a verdade, é claro. (p.17)

Assim, Catulo relembra os acontecimentos desde o início do seu envolvimento com Clódia, quando existia entre os dois uma paixão intensa e abrasadora, que era saciada em encontros secretos numa pequena vila afastada de seu amigo Manlius, até o arrefecimento daquela chama de desejo que os incitava a desafiar a falsa moral e as aparências da classe patrícia, referente à aristocracia da sociedade romana. Este era o segmento social da Roma Antiga que ostentava uma vida luxuosa, promovendo festas e bacanais regadas a fofocas, artes, muito vinho, comilança e orgias.

Clódia, dominadora e temperamental, além de ser bem mais experiente do que o poeta, era casada com Metélo Celer, com o qual tinha uma filha. Numa das festas oferecidas por seu marido aos nobres daquela região, Clódia marca um encontro com Catulo e eles começam um romance, tendo como cúmplices Manlius, amigo de Catulo, e alguns escravos, incluindo a serva pessoal de Clódia, Aemilia.

Esse romance acaba por levar o poeta à obsessão, desejando a amada exclusivamente para si, o que gera alguns problemas para o casal. Além disso, o ciúme e a baixa-estima de Catulo, assim como a voluntariedade a indiferença de Clódia provocam um distanciamento dos amantes.

Ignorando o alerta de seu irmão, Marcus, e de seu fiel servo, Lucius, Catulo pretende manter tal romance até às últimas consequências possíveis. No entanto, a trama se complica ainda mais depois da morte do marido de Clódia, pois o poeta começa a ser atormentado pela ideia de que a recente viúva é a causadora da morte de Metélo, e teria arquitetado o envenenamento dele. Somando isso ao fato de que a sua amada impiedosa passou a se relacionar com o seu grande amigo, Rufus, Catulo afunda cada vez mais na angústia e no ressentimento causados por essa paixão impetuosa.

Esse romance busca mostrar, portanto, um retrato autêntico da sociedade romana dos anos finais do período republicano, reinventando a possível história de amor entre o poeta Catulo e a sua Lésbia, pseudônimo associado à Clódia, figura sempre presente em sua produção poética. Desse modo, em virtude da escrita aprimorada de Helen Dunmore, Contando estrelas representa uma digna homenagem a essa história de amor e ódio que inspirou a obra de Catulo, conforme fora sintetizada e eternizada numa de suas frases mais marcantes: “Odeio e amo. Talvez me perguntes por quê? Não sei mas sinto que é assim, e sofro.”

Representação de Catulo e Clódia em pinturas:

  • Tela La Lettura o Catullo e Clodia, de Giulio Aristide Sartorio (1860-1932), representando um encontro do poeta com sua musa.
    Giulio Aristide Sartorio La Lettura o Catullo e Clodia 1860-1932
  • Tela Lesbia And Her Sparrow, de  Edward John Poynter (1907), apresentando Clódia e seu passarinho, a única criatura que ela demonstrava amar de fato.
    Sir_Edward_John_Poynter_lesbia_and_her_sparrow 1907

Ficha Técnica

Título: Contando Estrelas
Título original: Counting the Stars
Autor(a): Helen Dunmore
Editora: Record
Tradução: Vera Whately
Edição: 2014 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2008
Páginas: 320
Skoob: Adicione
Sinopse: Amor e ódio no romance sobre um dos maiores poetas da humanidade. Em meio aos últimos anos da república de Roma, o relacionamento entre o poeta Catulo e a sedutora Clódia é intenso, atormentado e sincero. Ela é a Lésbia dos seus mais apaixonados escritos, musa de sua obsessão. Com ela, Catulo experimenta grandes prazeres, mas também a violência e o terror dos bastidores da sociedade romana. Ódio e amor formam as linhas condutoras desse romance, que revela a amargura e o regozijo de um dos maiores poetas da humanidade, que influenciou importantes nomes da literatura moderna, como T.S. Eliot e Charles Baudelaire.

Compare e compre: Buscapé | Amazon

Anúncios

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s