| Resenha | Sr. Daniels, de Brittainy C. Cherry

— Gêmeas idênticas, exceto pela morte. Romeu à procura de Julieta.
Brittainy C. Cherry, Sr. Daniels, pág. 187.

Os livros young-adults ou new-adults estão ganhando o mundo, cada vez com mais força. Eu, particularmente, nunca havia me interessado por livros desse gênero — pelo menos não intencionalmente. Até que o Grupo Editorial Record envia um exemplar de Sr. Daniels e a proposta da autora me causa curiosidade. No entanto, essa curiosidade se deu principalmente porque ela une a ideia central de dois livros que eu adorei (Corações Feridos e A Verdade Sobre Nós), num livro só. Mesmo me interessando, a capa (que não curti muito) estava me fazendo procrastinar o início da leitura. E foi então que a Maraíse Almeida, do Blog Menina da Bahia, leu e me intimou a iniciá-la imediatamente. Não me arrependo em momento nenhum em seguir sua dica.

Daniel, ou Sr Daniels, foi um dos livros mais lindos e emocionantes que já li na vida. Nele, é possível encontrar uma quantidade significativa de personagens bem construídos e, mesmo os secundários, receberam uma atenção especial por parte da autora. O livro traz a história de Ashlyn Jennings, uma adolescente que acaba de perder a irmã gêmea (Gabrielle) para a leucemia e, por conta do problema da mãe com o álcool, é enviada para morar com o pai em Edgewood. Nesta ida forçada, uma vez que o pai não tinha contato com a família desde quando elas eram crianças, a garota acaba conhecendo Daniel, um rapaz (clichê) músico, lindo e gentil. Durante a viagem de trem, ambos percebem que são mais parecidos do que poderiam imaginar, como suas: paixão por música e literatura, em especial por William Shakespeare; perdas recentes e irreparáveis; vidas seguindo de forma mecânica, sem perspectivas (mais visível na garota). Esta atração imediata teria tudo para que o casal tivesse um final feliz, mas…

Sr. DanielsO ano letivo começa, Ashlyn é obrigada a conviver com uma família que não é a sua — madrasta religiosa; pai que desconhece(ia) e que ainda por cima é o vice-diretor da sua escola; e “meio-irmãos” que não sabia que existia, mas que se esforçam para demonstrar que tudo ficará bem —, tendo como válvula de escape apenas Daniel e seus shows. Mas tudo muda quando, no primeiro dia de aula, ela descobre que além de músico, Daniel é também o seu professor de inglês, Sr. Daniels. Como tudo na adolescência (com 19 anos?) é motivo para alardes, gera-se um conflito entre os dois, não só pela possibilidade de Daniel Daniels perder o emprego, mas também por ele não contar que era professor, nem ela que estudaria naquela escola. Dias vão se passando, algumas coisas vão se encaixando, ao passo que ambos vão se conhecendo e revelando seus segredos um para o outro.

Da história central, isto é tudo que posso contar. E acreditem, não falei nem 2% de tudo que acontece depois da descoberta. Até porque, o que cativa na história são as situações secundárias: como algumas cartas deixadas por Gaby, para Ashlyn, junto com uma lista de atividades para serem realizadas após sua morte; a construção de afeto entre Ashlyn e seus irmãos (postiços), Ryan ❤ e Hailey; a conturbada relação entre Daniel e seu irmão problemático, Jace; assim como outra série de eventos que, na escrita de outros autores(as), passariam despercebidos, mas que fizeram toda diferença não só para a história, mas para uma torrencial avalanche de emoções.

Brittainy C. Cherry
Brittainy C. Cherry

Gostaria de colocar dois detalhes sobre a edição (e uma cartinha de divulgação que veio acompanhando o livro). O primeiro deles é que, nesta carta editorial, o Grupo Editorial diz “Se você já tem alguém com quem passar o dia dos namorados, não leia o Sr. Daniels agora”, justificando que o leitor irá se apaixonar por um dos dois personagens, ou pelos dois. Devo confessar que adorei TODOS, sem exceção. Mas que, meu amor maior foi/é/será por Ryan — um dos personagens secundários mais bem construídos, envolventes e reais que já conheci. O segundo, mais especificamente sobre a edição, cada início de capítulo é iniciado com um trecho de músicas produzidas pela banda do Daniel — Romeo’s Quest —, a qual tem suas músicas completamente inspiradas nas obras de Shakespeare. Assim, como alguém que nunca leu Shakespeare, fiquei muito inclinado para ler alguma de suas peças, só não sei por onde começar. Talvez Romeu e Julieta, uma vez que a publicidade de Sr. Daniels meio que faz uma comparação entre ambas as histórias. De qualquer forma, gostaria de deixar registrado os quotes mais legais dos primeiros capítulos, confiram:

Não sei o que te dizer,
Não sei nem o que dizer.
Só sei que cuidar de você
Só aumenta o meu sofrer. (p. 07)

A morte não é assustadora, não é uma maldição.
Eu só queria que tivesse sido eu sua primeira aquisição. (p. 13)

Mentirei para manter você a salvo.
Mentirei para manter você aquecida.
Mentirei para manter você longe da
tempestade mais feia e fodida. (p. 121)

Descubra um jeito de ficar muito bem.
Ou descubra um jeito de ficar só bem.
Seja qual for a sua escolha, para você eu serei ninguém. (p. 232)

Quero saber quem você era antes de mim.
Quero ver o mundo que você vê assim. (p. 277)

Sr. DanielsPara finalizar, queria dizer que é uma leitura bem rápida e envolvente, um pouco divertida, mas no geral bem melancólica. Algumas cenas são embaladas por melodias conhecidas, outras nem tanto, mas uma delas me marcou bastante, onde a música tema foi Let It Be, dos The Beatles. Não conhecia a música — já que não sou fã deles —, mas a cena é linda e a letra diz tudo para o momento. Então, gostaria de deixar ela no final, para que reflitam e deem uma chance ao encantador e inesquecível Sr. Daniel Daniels.

Ficha Técnica

Título: Sr. Daniels
Título Original: Loving Mr. Daniels
Autor(a): Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Tradução: Alda Lima
Edição: 2015 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2014
Páginas: 322
Skoob: Adicione
Ler um trecho: AQUI
Compare e compre: 
Buscapé | Amazon

3 comentários

    • Oi Camila! É a Mara do Menina da Bahia, tudo bom?! Então, eu como leitora também, tive a mesma impressão que você quando li a sinopse do livro, por li Métrica também. E já esperava mais do mesmo, a mesma historia resumida a não poder ficar juntos por ser aluna e professor. mas fui surpreendida e a sinopse não faz jus ao enredo, esse premissa semelhante é apenas no começo, nessa característica, por que envolve muito mais coisa… Vale a pena você da uma chance a ele!
      Bjos

      Curtir

  1. Mailson querido! Adorei sua resenha, você colocou pontos bem importantes do livro aqui e fico muito feliz por você ter gostado tanto da minha indicação! Esse livro é de um tipo raro, que pouco se vê nos livros hoje em dia. Te toca e te prende de uma forma tão despretensiosa e intensa,que quando você vê já está envolvido, chorando e amando.

    Bjos e até a próxima indicação! hahaha

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s