| Resenha | Kaori: Perfume de Vampira, de Giulia Moon

Kaori
Kaori

Vampiros são aqueles seres místicos que possuem o poder de roubar muito mais do que a vitalidade humana através de nosso sangue: eles roubam nossa atenção. Vampiros são as criaturas mágicas mais alucinantes do universo e, somados ao universo da cultura nipônica, que é tão diferente e alucinante quanto a própria ideologia vampírica, são capazes de nos transportar a um mundo delicioso e sem volta. É para esse tipo de prisão literária que os livros da paulistana Giulia Moon nos lança desde as suas primeiras páginas. São tão magicamente compostos de tudo aquilo que nos é irrecusável aos olhos, que você simplesmente não vai querer saber de outra coisa que não seja se prender mais e mais à essa trama cativante.

A menina com o perfume da sedução

Personagens de Kaori
Personagens de Kaori

Em 1648, período da Era Tokugawa, Gombei é um humilde dono de taverna que luta com unhas, dentes e pastas de feijão doce para sobreviver em uma sociedade nada gentil. Como se não bastassem as desventuras que sua situação social lhe traz, ele ainda é viúvo e possui uma filha para criar. Uma bela e delicada menina de nome Kaori, cuja beleza parecia não combinar com aquele ambiente onde o trabalho pesado brotava aos montes e a rudeza transbordava.

A beleza e o aroma sedutor que emanavam da menina logo chamaram a atenção de Missora, uma conhecida cortesã local que oferecera uma quantia irrecusável a Gombei para que este lhe entregasse a menina, e ela fosse trabalhar  em seu estabelecimento: uma casa dos prazeres. Gombei se nega, por mais que a necessidade estivesse em sua porta todos os dias. Isso desperta a ira de Missora, que a partir de então não mede esforços para tomar Kaori para si.

No outro lado do mundo

Ilustração da autora
Kaori e Luar, no conto A Exótica Dama Oriental e O Inesperado Luar

Sob outro ponto de vista da narrativa, já no século XXI, nas movimentadas ruas de São Paulo, conhecemos Samuel Jouza. Ele é um homem bonito que enfrenta desafios em sua profissão de olheiro de vampiros para uma organização que monitorava seres fantásticos, o IBEF (Instituto Brasileiro de Estudos Fantásticos). O jovem olheiro possui em suas costas uma tatuagem de dragão, sobre a qual não lembra onde adquiriu, além de uma grande quantidade de pesadelos estranhos à noite. Ele não sabia, mas tudo fora fruto de um prazeroso encontro de tempos atrás entre ele e uma formosa vampira oriental, de rosto de boneca de porcelana e um perfume sensual naturalmente transmitido por sua pele —Kaori.

Making off

As aventuras da vampira mais sensual de todos os tempos são mescladas entre episódios no antigo Japão feudal (antes de sua transformação) e nas movimentadas ruas de São Paulo (onde já é uma antiga e poderosa vampira).

Giulia Moon e cosplayer Giovanna Sayuri como Kaori
Giulia Moon e cosplayer Giovanna Sayuri como Kaori

Até o momento, as aventuras da vampira Kaori renderam dois livros (Kaori: Perfume de vampira e Kaori 2: Coração de Vampira) além de um spin-off (Kaori e o Samurai sem braço). Podemos encontrar, também, a vampira nipônica em outros contos da autora, como em Dragões Tatuados (publicado na antologia Amor Vampiro pela Giz Editorial). Vale ressaltar também que Kaori estrelou o primeiro crossover da literatura fantástica nacional ao lado do vampiro Luar do autor Kizzy Ysatis, nos contos A Exótica Dama Oriental e O Inesperado Luar (publicado na coletânea de contos de Giulia Moon, Flores Mortais, pela Giz Editorial) e Perfume para Kaori (escrito por Kizzy Ysatis e publicado em sua coletânea de contos Eterno Castigo, pela mesma editora).

Ao longo das páginas, podemos perceber de forma nítida o quanto Giulia Moon é influenciada pelos livros da autora norte-americana, Anne Rice, criadora do mito da literatura vampiresca, Lestat de Lincourt. Tal influência é bastante positiva, visto que os personagens de Giulia possuem um carisma próprio e uma vivacidade tão contagiantes quanto os da autora estadunidense. Arrisco a dizer que Giulia Moon pode com perfeição ser indicada à alcunha de “a Anne Rice brasileira”, uma vez que conduz sua trama de forma tão prazerosa e cativante quanto a diva vampiresca. Giulia Moon transmite a história da vampira nipônica com maestria, seduzindo o leitor, mostrando que Kaori possui vida própria e que pode sair das páginas de seus livros a qualquer momento para nos envolver em seus joguinhos de sedução, nos colocando em uma aventura perigosamente viciante. Vá correndo garantir seu exemplar, pois o vício é certo e te manterá cativo pelo resto da vida! Super recomendado.

Booktrailer

Ficha Técnica

Clique para ampliar

Título: Kaori: Perfume de Vampira
Autor(a): Giulia Moon
Editora: Giz Editorial
Edição: 2009 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2009
Páginas: 376
Skoob: Adicione
Compare e compre: Buscapé | Amazon

Anúncios

Um comentário

  1. Muito show!!!

    Eu tenho este livro, mas ainda não li 😦

    Só que agora fiquei morrendo de vontade de mergulhar nesse vampirismo todo!

    Adorei a resenha, a forma como você conduziu… Adorei tudooooooooooo!!!!

    Bjks

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s