10 Filmes com Personagens LGBT

10Em Junho, que é considerado o Mês da Diversidade, postei a lista 10 Livros com Personagens LGBT, mas os filmes também são uma boa pedida quando o assunto são casais homossexuais. Apesar dos romances protagonizados estarem surgindo timidamente no universo literário, o mesmo não aconteceu no cinema. Claro que apenas recentemente este tipo de filme tem ganhado mais visibilidade e estão sendo produzidos com temáticas mais sociais (e não apenas pegação HxH ou MxM).

Desta forma, fiz uma seleção dos melhores filmes, na minha ordem de preferência, que têm como protagonista casais homossexuais. Assim como aconteceu com os livros, a escolha acabou sendo tendenciosa para histórias com casais masculinos. Mas, decidi incluir alguns com personagens femininos, que não são tão favoritos assim, mas que merecem ser citados e assistidos. Como falar de filme é sempre mais complexo, serão citados apenas títulos e sinopses. Espero que gostem. Vamos à lista (em ordem de preferência)?!

1. Hoje eu quero voltar sozinho (Idem, 2014)

Hoje eu quero voltar sozinhoLeonardo é um adolescente cego que, como qualquer adolescente, está em busca de seu lugar. Desejando ser mais independente, precisa lidar com suas limitações e a superproteção de sua mãe. Para decepção de sua inseparável melhor amiga, Giovana, ele planeja libertar-se de seu cotidiano fazendo uma viagem de intercâmbio. Porém a chegada de Gabriel, um novo aluno na escola, desperta sentimentos até então desconhecidos em Leonardo, fazendo-o redescobrir sua maneira de ver o mundo.

Nota: 💚💚💚💚💚

2.  O Segredo de Brokeback Mountain (Brokeback Mountain, 2005)

O Segredo de Brokeback MountainJack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennis Del Mar (Heath Ledger) são dois jovens que se conhecem no verão de 1963, após serem contratados para cuidar das ovelhas de Joe Aguirre (Randy Quaid) em Brokeback Mountain. Jack deseja ser cowboy e está trabalhando no local pelo 2º ano seguido, enquanto que Ennie pretende se casar com Alma (Michelle Williams) tão logo o verão acabe. Vivendo isolados por semanas, eles se tornam cada vez mais amigos e iniciam um relacionamento amoroso. Ao término do verão cada um segue sua vida, mas o período vivido naquele verão irá marcar suas vidas para sempre.

Nota: 💚💚💚💚💚

3. Romeus (Romeos, 2011)

RomeosLukas tem 20 anos e encontra-se no meio de sua puberdade masculina – bioquimicamente induzida, uma vez que ele nasceu menina. Cheio de apetite pela vida, ele se depara com um grande problema: recrutado pelo serviço comunitário obrigatório, ele é o único homem a residir no alojamento das enfermeiras. O que seria um sonho para qualquer outro rapaz torna-se um grande estresse para Lukas: ser transexual significa estar sempre preso no ambiente social errado. Felizmente, Ine, sua melhor amiga, fica a seu lado e o introduz no ambiente homossexual de Colônia. Ali Lukas tem seu primeiro relacionamento amoroso de verdade – com o atrevido, valente e muito atraente Fabio.

Nota: 💚💚💚💚💛

4. Canções de Amor (Les Chansons D’amour, 2007)

Canções de AmorDirigido por Christophe Honoré, o drama musical conta a história do jovem jornalista Ismaël (Louis Garrel), namorado Julie (Ludivine Sagnier), a qual convida sua amiga Alice (Clotilde Hesme) para morar com o casal. Os três passam a andar juntos pela cidade de Paris, festejar e dividir momentos de intimidade na cama. Apesar de todo entusiasmo, o relacionamento à três vai gerar algumas crises de ciúmes. A vida de cada vértice deste triângulo amoroso vai mudar radicalmente após uma tragédia.

Nota: 💚💚💚💚💚

5. The Normal Heart (Idem, 2014)

The Normal HeartDrama original HBO, ambientado em 1981. Uma doença misteriosa se alastra pelos Estados Unidos, com alto grau de mortalidade: cerca de 50% dos infectados acabam falecendo. Como a imensa maioria é homossexual, ela logo é apelidada de “câncer gay” e, por preconceito, não recebe a devida atenção do governo norte-americano. Decidido a fazer com que as pessoas tomem conhecido sobre a epidemia causada pela AIDS, o escritor Ned Weeks (Mark Ruffalo) decide ir aos diversos veículos de comunicação para falar sobre o tema. Entretanto, a raiva contida em suas declarações assustam até mesmo seus colegas na organização não-governamental que presta auxílio aos infectados. Ao seu lado, Ned conta apenas com o apoio da médica Emma Brokner (Julia Roberts), que também está alarmada com a gravidade da situação.

Nota: 💚💚💚💚💚

6. Tatuagem (Idem, 2013)

TatuagemRecife, 1978. Clécio Wanderley (Irandhir Santos) é o líder da trupe teatral Chão de Estrelas, que realiza shows repletos de deboche e com cenas de nudez. A principal estrela da equipe é Paulete (Rodrigo Garcia), com quem Clécio mantém um relacionamento. Um dia, Paulete recebe a visita de seu cunhado, o jovem Fininha (Jesuíta Barbosa), que é militar. Encantado com o universo criado pelo Chão de Estrelas, ele logo é seduzido por Clécio. Não demora muito para que eles engatem um tórrido relacionamento, que o coloca em uma situação dúbia: ao mesmo tempo em que convive cada vez mais com os integrantes da trupe, ele precisa lidar com a repressão existente no meio militar em plena ditadura.

Nota: 💚💚💚💛💛

7. Tomboy (Idem, 2012)

Tomboy“Tomboy” é a denominação dada para meninas que gostam de agir como meninos. No filme da diretora Céline Sciamma (Lírios D’Água), Laure é uma menina de dez anos, que muda de casa constantemente, em decorrência do trabalho do pai. Ao ir para uma nova residência ainda nas férias, ela faz amizade com uma grande turma de garotos da vizinhança, mas se apresenta como Mikael. Isso faz com que ela se aproxime de Lisa, a única menina do grupo. Não demora até que Lisa caia em amores por Mikael, mas as férias estão para acabar e Laure não sabe como fará para manter seu segredo.

Nota: 💚💚💚💚💛

8. Orações para Bobby (Prayers for Bobby, 2009)

Orações Para BobbyMary (Sigourney Weaver) é uma religiosa que segue à risca todas as palavras da bíblia. Quando seu filho Bobby (Ryan Kelley) revela ser gay, ela imediatamente leva o filho para terapias e cultos religiosos com o intuito de “curá-lo”. No entanto, Bobby não suporta a pressão e se atira de uma ponte, encerrando sua vida aos 20 anos de idade. Depois desse fato, Mary descobre um diário do garoto e passa a conhecer melhor o mundo dos homossexuais, tornando-se, logo, uma ativista em prol dos diretos gays. Baseado em uma história real.

Nota: 💚💚💚💚💚
Resenha:
 AQUI

9. Um Dia Desses (Any Day Now, 2012)

Um dia desses

Nos anos 70, Rudy Donatello (Alan Cumming) e Paul Fliger (Garret Dillahunt) formam um casal, inspirado numa história real. Incomodado com a música alta na casa ao lado, o aspirante a cantor Rudy bate à porta de seu vizinho, o adolescente Marco, que tem síndrome de Down e foi abandonado pela mãe junkie. Rudy entrega o jovem à assistência social, mas, poucos dias depois, o vê nas ruas. Comovido, decide levá-lo para viver em sua casa, onde mora com Paul, seu parceiro, um promotor de justiça não assumido. Pela primeira vez, Marco terá noção do que é um lar. Mas quando as autoridades descobrem que os dois são gays, uma complicada batalha judicial se instaura. Inspirado em uma história real.

Nota: 💚💚💚💚💚

10. Patrick 1,5 (Idem, 2008)

Patrik 1,5Baseado na peça teatral de mesmo nome, escrita por Michael Druker e adaptada por Lemhagen, a comédia recebeu o prêmio de Melhor Filme no 33º San Francisco International LGBT Film Festival, de 2009. O longa conta a história de um casal gay, Göran e Sven, que adota quem eles acreditam ser um bebê de um ano e meio de idade (1.5) chamado Patrik. No entanto, quando o menino chega, ele não é bem o que os dois esperavam. Houve um erro de digitação na idade do garoto e o casal recebe um jovem de 15 anos, homofóbico e com um passado criminoso.Entretanto, o que no início parece ser um conflito insolúvel, aos poucos revela-se uma sensível descoberta da amizade e do amor paterno, entre pessoas totalmente estranhas umas às outras.

Nota: 💚💚💚💚💚


E aí, quais seus filmes favoritos? Sei que possuem muitos outros, mas tive que me policiar para recomendar meus melhores. Então, alguma outra sugestão que merecia destaque e não foi mencionado? Compartilhe com a gente!

2 comments

  1. Canções de Amor❤❤❤ meu filme do coração, amo demais! Também gosto muito de Tomboy, ótimo filme, bem como O Segredo de Brokeback Mountain. Geralmente eu curto bastante filmes com temática lgbt, especialmente os franceses.

    Bjão, Livro Lab

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s