| Resenha | Só por hoje e para sempre: Diário do Recomeço, de Renato Russo

Renato Russo
Renato Russo

[…] a maior parte das pessoas acha que só alguém que não é “normal” escreve canções “profundas”, ou com conteúdo poético acima do normal, que tocam a sentimentalidade de todos de um jeito especial. […]
Renato Russo, Diário do Recomeço, pág. 24.

Renato Russo é de longe um dos meus músicos nacionais favoritos. Até ter a oportunidade de ler esses relatos do qual falarei a seguir, esta era a forma que eu o visualizava: um excelente músico. Claro que sou encantado pelas suas letras, uma vez que ele também é considerado um excelente compositor, mas nunca pensei nele como algo além da música, mais especificamente voltado para a literatura: escritor, poeta, contista ou algo que o valha. No entanto, após ler esses relatos, passei a avaliar melhor este artista e, consequentemente, me encantando ainda mais pelo seu trabalho.

Quote (pág. 20)
Quote (pág. 20)

Antes de mais nada, Só por hoje e para sempre não é uma autobiografia, mais sim um diário — como o subtítulo já diz — onde Renato fala sobre sua internação na clínica de reabilitação Vila Serena entre os meses de abril e maio de 1993. A escrita dessas “memórias” fazia parte das atividades do programa de reabilitação da clínica, onde o interno deveria responder algumas questões específicas sobre como estão se sentido ao longo das atividades ou ainda fazendo um comparativo entre a “vida anterior” e a “vida futura”. E são essas respostas, somadas a outros escritos do cantor, nesse período, que compõem este que era um dos livros mais aguardados por mim nos últimos tempos.

Renato Russo
Renato Russo

Falar sobre o conteúdo do livro é um pouco complicado, uma vez que os textos e atividades não possuem ligação direta entre si, apesar de seguirem uma ordem cronológica. No entanto, vale mencionar que com o livro podemos conhecer (1) um pouco mais sobre a vida pessoal de Renato Russo, em especial seu relacionamento com o filho Giuliano Manfredini, (2) como foi sua luta contra o vício de drogas (sendo a heroína sua favorita) e álcool, (3) compreendemos, mesmo que indiretamente, como funcionava o processo de produção de novas músicas, entre outras etapas da sua vida artística, e (4) quais os principais conflitos internos deste artista tão amado. Este último me comoveu bem mais que os outros, pois ainda é difícil para mim compreender como que uma pessoa tão amada por tantos pode sofrer de solidão.

Álbum 'O Descobrimento do Brasil' (1993)
Álbum ‘O Descobrimento do Brasil’ (1993)

Esses 29 dias na clínica foram bem marcantes na vida de Renato Russo. A pessoa brilhante e admirada tem agora sua verdade conturbada exposta para todos que desejarem conhecê-la, ou seja, nesses 29 dias podemos conhecer esse artista em busca de equilíbrio, de autoconhecimento e de ajuda. As marcas desses dias podem ser visivelmente encontradas no álbum lançado no final daquele ano (1993), O Descobrimento do Brasil, onde alguns trechos das músicas podem ser encontrados nas falas destas memórias. Observem os exemplos a seguir:

“Só por hoje eu não quero mais chorar / Só por hoje eu espero conseguir
Aceitar o que passou e o que virá
Só por hoje vou me lembrar que sou feliz” (Só por hoje, de Legião Urbana)

“Quase morri / Há menos de trinta e duas horas atrás
Hoje a gente fica na varanda
Um dia perfeito, com as crianças.” (Um dia perfeito, de Legião Urbana)

“Passei vinte e nove meses num navio / E vinte e nove dias na prisão
E aos vinte e nove com o retorno de Saturno
Decidi começar a viver” (Vinte e nove, de Legião Urbana)

Esta última me lembrou da leitura de Quando Saturno Voltar, da Laura Conrado, onde conheci o fenômeno do Retorno de Saturno. Assim, quando fui pensar na letra e em quando/como ela foi criada veio a dúvida: seria este o retorno de Saturno do Renato, que teria se atrasado (ou que já vinha se prolongando)? É interessante que Renato fez questionamentos semelhantes a si mesmo,  pois apesar do seu ceticismo, a astrologia e o poder dos astros sempre lhe chamou atenção.

A Companhia das Letras foi impecável no projeto gráfico deste livro. Logo nas primeiras páginas somos apresentados ao plano de tratamento da clínica. A editora também manteve algumas frases com a própria caligrafia do Renato, além de alguns desenhos aleatórios. Diagramação e espaçamentos perfeitos, além da fonte azul, que dá ao livro o aspecto do que ele realmente é: um diário. Alguns detalhes podem ser vistos nas imagens seguintes:

Ler esses escritos me proporcionou uma das experiências mais incríveis deste ano. Não só por conhecer uma das faces do Renato Manfredini Junior (e não do artista), mas por causar uma daquelas sensações de intruso e privilegiado ao mesmo tempo, uma vez que são narrativas e memórias bem íntimas, daquelas que não conseguimos nem falar em voz alta. Vale muito a pena conferir. Assim, fica mais uma recomendação incrível.

Drops:

Conforme informações contidas na introdução, escrita pelo Giuliano Manfredini, filho de Renato, este é apenas o primeiro livro de uma série de livros que reunirão diários, poemas, letras, obras de ficção e desenhos de Renato Russo.

Nota: 💚💚💚💚💚

Ficha Técnica

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Título: Só por hoje e para sempre
Subtítulo: Diário do Recomeço
Autor(a): Renato Russo
Organização e Notas: Leonardo Lichote
Editora: Companhia das Letras
Edição: 2015 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2015
Páginas: 168
Leia um trecho: AQUI
Skoob: Adicione
Compare e compre: Buscapé | Amazon

2 comments

  1. Memorável a sua resenha Mailson. Preciso desse livro. Me sinto uma privilegiada por ter vivido os anos de nascimento do Rock Brasil, inclusive eu estava no tão famoso show do Legião urbana em Brasília. Sim, aquele que entrou para a história.
    Vou comprar assim que adentrar na próxima livraria.
    Resenhas assim nos dá um prazer inenarrável. Parabéns!

    Curtir

  2. To pensando em ler esse diario do Renato, mas não sei se estou preparada pq deve ser bem triste.
    José, você já leu “Renato Russo – Filho da revolução”? É uma biografia maravilhosa, repleta de imagens e relatos. É maravilhoso!

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s