| Resenha | Beleza Perdida, de Amy Harmon

Beleza Perdida, de Amy Harmon.jpg

Ele poderia estar se escondendo, mas ela estava cansada de procurar por Ambrose Young.
Amy Harmon, Beleza Perdida, pág. 142.

Quem acompanha o blog e/ou me conhece pessoalmente deve lembrar como fiquei emocionado ao ler Sr. Daniels, de Brittainy C. Cherry. E, apesar de adorar romances new adult, eu havia priorizado outros gêneros literários, acabando por procrastinar a leitura deste que falarei a seguir: Beleza Perdida, de Amy Harmon. Por se tratar de uma releitura do conto A Bela e a Fera, fiquei na curiosidade para descobrir como meu conto de fadas favorito seria abordado nos dias atuais. Não posso deixar de mencionar e agradecer as queridas Maraíse Almeida (Menina da Bahia) e Fabiana Lima (Adoro Romances de Aracaju) pela dica e incentivo desta leitura.

A história tem como protagonistas Ambrose Young, o jovem galã, e Fern, que não se sente tão bonita quanto realmente é, mas que devaneia sobre caras como Ambrose. Como na maioria dos romances, esses personagens antagônicos acabam presenciando um evento específico que os fazem despertar para a possibilidade de um novo amor. No entanto, Harmon acerta ao inserir os personagens num contexto onde a dor é quem rege a vida dos mesmos. Apenas para exemplificar, o subtítulo do capítulo 01 é “Primeiro dia de aula – Setembro de 2001”. Isso vos lembra alguma coisa?

Série - Beauty and the Beast
Cartaz da série “Beauty & the Beast”

Estou tentado a resumir a história, mas até isso está sendo difícil, uma vez que as surpresas e os mistérios dos personagens começam a ser apresentados logo no início, antes mesmo que estes sejam devidamente apresentados. E, como bom leitor, não gostaria de prejudicar a maravilhosa experiência de leitura que se pode conseguir com Beleza Perdida. Assim, vou me concentrar em características mais estruturais e sensitivas da história, ou seja, abordarei mais minhas experiências enquanto leitor, sem me ater tanto aos fatos em si.

Quanto à estrutura narrativa, Harmon acerta ao escolher dois tempos históricos distintos (1994 e 2001) para construir, não só a história, mas a personalidade dos personagens. Com isso, podemos identificar no passado o que causou as transformações do presente, e de forma simultânea – o que é mais legal e emocionante ainda. Além disso, com a escrita em terceira pessoa, temos a possibilidade de conhecer o “todo” de cada sujeito envolvido nos fatos centrais. Em síntese, a escritora conseguiu com maestria construir ótimos personagens, com dramas e conflitos reais.

IMG_20151203_135805.jpg
Detalhe da edição.

Ainda sobre personagens, Amy conseguiu – assim como Brittainy em Sr. Daniels – fazer com que os personagens secundários fossem tão (ou mais) amados que os próprios protagonistas. Neste caso, refiro-me a Bailey, o melhor amigo de Fern, que possui uma distrofia muscular de Duchenne. Este possui um papel fundamental para a trama, não só pela importância dos fatos, mas pela carga emocional a ele incorporada. Assim, devo confessar que foi ele o responsável pela grande parte das minhas lágrimas e sorrisos.

Por fim, devo mencionar que a edição está muito caprichada e linda. Sem dúvida esta é uma das histórias mais emocionantes do segundo semestre, assim como Sr. Daniels foi no primeiro – mencionei isso na TAG 50%. No mais, só espero sinceramente que todos leiam e que a história vos emocione, tão quanto ela me emocionou. Recomendo!

Nota: 💚💚💚💚💛

Drops

Esta resenha faz parte de uma leitura coletiva organizada por um grupo de blogueiros do Facebook, onde cada membro leria um livro do gênero escolhido previamente (no caso deste, o New Adult ou Young Adult) e postaria o texto no mesmo dia. Participar deste movimento, além de divertido e dinâmico, proporciona uma busca por livros há tempos esquecidos na estante. Espero participar de movimentos assim com maior frequência. Caso queiram conferir os outros posts, dêem uma olhada nos blogs que participaram, e suas respectivas resenhas:

– Livros da Garota Vermelha – Resenha AQUI!
– Meninas na Literatura – Resenha AQUI!
– Um Leitor no Oceano – Resenha AQUI!
– Sweet Like Caramel – Resenha AQUI!
– Não Empresto Livros – Resenha AQUI!

Ficha Técnica

Beleza Perdida, de Amy Harmon
Clique para ampliar

Título: Beleza Perdida
Título Original: Making Faces
Autor(a): Amy Harmon
Tradução: Monique D’Orazio
Editora: Verus
Edição: 2015 (1ª)
Ano da obra / Copyright: 2013
Páginas: 336
Skoob: Adicione
Leia um trecho: AQUI
Compare e compre: Buscapé | Amazon

 

8 comments

    • Obrigado, Lili.
      Eu realmente não gosto de spoiler.🙂
      Espero sinceramente que tire este livro da estante e que se emocione muito.
      Beijos!

      Curtir

  1. Quase compro esse livro no Black mas fiquei receosa por não ter lido uma resenha antes. Sou mt trouxa viu? Adorei a premissa do livrooo! Já me apaixonei só por o que você falou. A diagramação é linda e a capa então… (Logo eu que já me apaixono primeiro pela capa kkk ) Queria muito ter participado da leitura coletiva junto com vocês, espero que da próxima vez dê tudo certo. Bjss

    Blog Menina da Livraria

    Curtir

    • Olá!
      Não se sinta trouxa, pois chegará seu dia!
      E sim, o livro ganha não só pela premissa, mas também pela capa que é lindíssima. Eu a amo.
      Quanto a leitura coletiva, não faltarão oportunidades.🙂
      Beijos!

      Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s