| Resenha | O Céu é logo ali, de Lilian Farias

Capa - O Céu É Logo Ali - V5_2.jpg

Agora é hora de voar. Ninguém segura uma borboleta pronta para seu primeiro voo. Ninguém cala uma voz que foi sufocada e que está pronta para o primeiro grito.
Lilian Farias, O Céu é logo ali, pág. 41.

Conhecer novos autores é sempre uma experiência marcante, especialmente quando esse primeiro contato acontece de forma tão peculiar. Conheci Lilian Farias através das redes sociais e, por meio delas, descobri que ela tinha alguns projetos literários publicados. Como mencionei em textos anteriores, é sempre um prazer conhecer novos autores nacionais e, mesmo que indiretamente, incentivar novas produções. Conversando com a autora, ela me contou sobre duas de suas publicações recentes O céu é logo ali e Mulheres que não sabem chorar (sobre o qual falarei em outro post) e do quão orgulhosa ela se sentia de ambas. Então decidi lê-las e compartilhar essa experiência com vocês.

O céu é logo ali me conquistou já no projeto gráfico. Apesar de ser um livro pequeno (formato e número de páginas), a editora Divas caprichou nos detalhes. Outro fator, desta vez mais importante, que também me ganhou foi a riqueza do texto e sua complexidade compilada em pouco mais de 110 páginas. Em linhas gerais, este romance narra a história de duas mulheres cheias de dúvidas e que seguem numa vida cheia de surpresas confusas e aprendizados controversos. Apesar de serem duas personagens fortes, suas histórias (contadas paralelamente) não parecem ter nada em comum, exceto que ambas vivem num conflito interno que parece não ter fim.

Liberdade (O Céu é logo ali).jpg

As protagonistas desse romance são: Clarisse, uma garota rica e popular, mas que aparentemente não aprendeu nada sobre a vida, até que sua sorte vira e ela tem que ressignificar tudo que sabe e que conhece, inclusive perceber que a vida pode ser bem dura às vezes; e Dolores, que já é uma mulher mais velha e que aparentemente tem o controle de suas decisões, no entanto, percebemos que por não ser bonita ou interessante, acaba aceitando apenas aquilo que a vida lhe apresenta. Enquanto essas duas histórias são contadas, percebemos que Clarisse e Dolores são construídas de forma antagônica possibilitando ao leitor uma reflexão bem equilibrada sobre as duas formas de se viver (arriscar mais ou aceitar mais?).

Como Fernanda Bezerra coloca na quarta capa do livro, “O céu é logo ali representa a liberdade que são as borboletas e os pássaros. Dolores e Clarice são mulheres que buscam tal liberdade. […]” E estas frases representam basicamente a essência dessa obra. Enquanto os dias passam, essas duas personagens começam uma odisseia em busca do autoconhecimento, o que, consequentemente, proporciona uma introspecção no leitor também acerca de algumas questões. No entanto, algumas dessas reflexões dizem respeito exclusivamente ao universo feminino, o que me deixou meio deslocado, mas ainda assim foi bem gratificante conhecer um pouco mais a respeito.

adesivos-de-parede-galhos-gaiola-passaro-adesivos-decorativos

Por ser um livro curto, a autora acabou não tendo tanto espaço para clímaces mirabolantes ou reviravoltas emocionantes, e mesmo assim essa não era a proposta inicial. Mas devo confessar que foi uma das coisas que senti falta enquanto lia. A quantidade de reflexões filosóficas a respeito da vida e da existência humana foi algo que me incomodou um pouco. Não porque foram mal construídas ou idealizadas, mas porque acabei perdendo mais tempo refletindo sobre uma ou outra frase do que lendo, fazendo com que levasse mais tempo lendo 110 páginas do que jamais imaginei. No entanto, não quero que pensem que isso é ruim, pois acabei percebendo algumas coisas sobre minha vida que tinham passado despercebidas até a leitura, contudo acabou tornando a leitura um pouco cansativa.

Lilian Farias possui uma escrita bem pensada e uma conexão de ideias bem construídas e fundamentadas. Este também é um daqueles livros cheios de marcações bonitinhas, o que já ganhou alguns pontos. É certamente uma leitura que merece ser verificada e lida com cuidado. Então, gravem o nome da Lilian e vamos seguir acompanhando seus novos projetos. Recomendo!

Nota: 💚💚💚💛💛

Ficha Técnica

Capa - O Céu É Logo Ali - V5
Clique para ampliar

Título: O Céu é logo ali
Autor(a): Lilian Rodrigues
Editora: Divas
Edição:
 2015 (3ª)
Ano da obra / Copyright: 2014
Páginas: 118
Skoob: Adicione
Compare e compre: Amazon

 

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s