| Primeiras Impressões | Outcast (1ª Temporada)

Outcast Pilot 101
Patrick Fugit, como Kyle Barnes.

Dificilmente falo de séries por aqui, mas recentemente tenho sentido certa necessidade de comentar um pouco mais sobre as produções que tenho acompanhado. Desta forma, iniciarei uma série de posts voltados para a indicação e/ou crítica daquelas que venho acompanhando ou que de alguma forma me chamaram atenção. A priori falarei sobre as duas que estou acompanhando — Outcast e Preacher — e, à medida que for aderindo a novas séries ou novas temporadas das que já assisto, vou trazendo minha opinião para vocês. Só pela escolha das séries (e pelas minhas leituras), devo adiantar que ando numa vibe de terror-suspense e que muito disso aparecerá por aqui. Mas vamos à primeira série.

Outcast gira em torno da vida de Kyle Barnes (Patrick Fugit) e de como sua vida foi destruída em decorrência de possessões demoníacas. Desde criança, Barnes teve que lutar contra demônios que habitavam o corpo de sua mãe, tendo outras experiências ainda piores e mais traumáticas na medida em que ia crescendo. Ao que tudo indica, esse(s) demônio(s) meio que cercam sua vida e sua história, fazendo com que ele se interesse em buscar a verdade sobre isso. Apesar de parecer uma batalha sem chances de vitória, Barnes contará com a ajuda do reverendo Anderson (Philip Glenister).

outcast-serie-primeiras-impressoes-3 (1)

O que mais tem me chamado atenção na série, além das atuações brilhantes, é a forma como o suspense é construído. Uma série de elementos e referências é inserida a todo instante, criando uma tensão cada vez mais sufocante, até as tão aguardadas cenas de possessão. No entanto, apesar das incríveis cenas de susto, o terror em si está na atmosfera criada para o desenrolar do drama. A fotografia também contribui bastante neste quesito, através do seu tom um pouco mais escuro, meio acinzentado, criando uma sensação de aflição e nostalgia, na mesma medida.

Apesar de Barnes (Patrick Fugit) ser o protagonista, quero deixar registrado aqui minha admiração para duas atuações maravilhosas, apesar de não fazerem parte do núcleo principal. A primeira delas é a de Gabriel Bateman (que também fez Annabelle), como Joshua Austin, que aparece logo no primeiro episódio. Esse garoto, apesar de não ser a melhor atuação que já vi, ainda assim merece um crédito pela melhor na série (levando em conta a cena que ele protagoniza, claro). E, em segundo lugar, à Grace Zabriskie, como Mildred, que tem maior destaque nos terceiro e quarto episódios. Esta constrói uma personagem que amamos odiar, mas não poderei falar mais sobre.

Outcast
Gabriel Bateman, como Joshua Austin.

Até este exato momento, eu assisti os seis episódios já lançados, de dez, e estou simplesmente encantado. É claro, existe uma queda no terror após o terceiro episódio, mas o drama que é construído é tão aterrorizante quando qualquer cena de possessão.

Recomendo demais!!

Drops:

  • Esta série foi baseada nas HQs homônimas escritas por Robert Kirkman (criador de The Walking Dead) e desenhadas por Paul Azaceta, lançada em 2014 pela Editora Image Comics. Não consegui encontrar nenhuma informação relacionada a publicação dessas HQs aqui no Brasil, mas descobri que ela ainda está sendo produzida e que este mês será lançado o volume 19. Quem desejar encadernados dessa HQ, já existem três volumes (até o nº18) disponíveis para venda.

Primeiro Episódio (na íntegra, legendado)

Ficha Técnica

Outcast (Cartaz)
Insira uma legenda

Título: Outcast
Título original: Outcast
Ano: 2016 —
Duração (episódio): 60 min
Criador: Robert Kirkman
Elenco: Philip Glenister, Patrick Fugit, Wrenn Schmidt, David Denman, Reg E. Cathey
Gênero: Drama, horror
País: EUA

 

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s