| Blogagem coletiva | Campanha Leia.Seja. | Dia Nacional do Livro

Olá, pessoal!

Hoje, 29 de outubro, é comemorado o Dia Nacional do Livro, e para celebrar essa data tão especial para os leitores, escritores, livreiros, editores, em suma, todos os amantes de livros, estamos participando de uma blogagem coletiva promovida pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros, que lançou a campanha “Leia.Seja”, com o objetivo de despertar nossa consciência quanto à importância da leitura e do papel transformador do livro na sociedade.

Fomos convidados pela Editora Arqueiro a participar dessa mobilização na blogosfera, inclusive sempre que possível tentamos participar de ações na internet sobre temas de relevância social, como já participamos anteriormente de outra blogagem coletiva proposta pela Arqueiro (aqui).

Este post é uma forma de contribuir para essa campanha que tem uma relevância extrema na nossa sociedade contemporânea, pois nunca tivemos tanta necessidade de encontrar nos livros um equilíbrio para esses tempos tão acelerados, em que se torna cada vez mais difícil a leitura de textos com mais de 140 caracteres. A campanha “Leia.Seja.” foi lançada na 18ª Bienal Internacional do Livro Rio, protagonizada por um time de personalidades do esporte, das artes cênicas, da música e da comunicação, convidadas a incorporar personagens icônicos da literatura brasileira e mundial.

Essa campanha de valorização do livro parte da ideia de que, quando lemos, nos tornamos parte da história, pois a leitura estimula a imaginação, a criatividade e a inspiração; faz rir e chorar, refletir e viajar. Na campanha “Leia.Seja”, as personalidades dão vida aos personagens, lendo trechos dos títulos escolhidos. Quando fecham os livros, voltam a ser elas mesmas, com o semblante transformado pelo prazer e a reflexão que uma boa leitura oferece.

“O Brasil precisa com urgência de uma revolução de cidadania e ética, e acreditamos que a leitura tem um papel fundamental a desempenhar nessas áreas. A campanha ‘LEIA.SEJA.’ quer mostrar exemplos de pessoas reconhecidas pelo público em geral, que tiveram suas trajetórias marcadas pelos livros de diferentes maneiras. Nosso desejo é que essa ação reverbere pelos meses seguintes, estimulando o hábito da leitura ao redor do país e propondo uma conscientização sobre o seu valor”. (Marcos da Veiga Pereira, presidente do SNEL)

Até o final de outubro, os leitores estão sendo estimulados a postar nas redes sociais qual o personagem literário mais marcante de suas vidas, a exemplo de diversos autores, editores, jornalistas nacionais e internacionais que já estão participando da campanha Leia.Seja. no Facebook e no Instagram (@leiaseja). Use as hashtags #LeiaSeja e #DiaNacionalDoLivro e venha compartilhar com a gente sua paixão pelos livros através de seu personagem favorito! ❤

Personagem Favorito: O Pequeno Príncipe

Para compartilhar com vocês a minha paixão pela leitura, vou falar um pouco sobre um dos meus personagens literários favoritos, que é o Pequeno Príncipe, da obra homônima de Saint-Exupéry, resenha do livro: aqui.

O Pequeno Príncipe é um dos meus livros favoritos por ser uma obra que lança luz sobre os abismos da ignorância e da superficialidade cultivados numa sociedade em que tudo só tem valor pelas aparências. O Pequeno Príncipe, um “astronauta” aventureiro que viaja por diversos planetas tentando entender o verdadeiro significado da vida e o valor das pessoas que ama, nos mostra que só é possível “enxergar” a verdade das coisas se buscarmos nelas o seu valor imaterial, o seu significado oculto por trás das ilusórias aparências.

Esse diminuto extraterrestre nos diz uma verdade que contrasta bastante com os valores sociais a que somos expostos a todo o momento nesta era da descartabilidade, nesta nossa sociedade líquida, como Bauman definiu,  em que tudo tem vida útil limitada, nenhuma relação é durável, nem aprofundada, e as pessoas perdem o interesse em sentir as coisas e experimentar o mundo real, curtir a vida offline, ver paisagens sem filtro e guardar o coração para momentos em que ele transborde verdadeiramente no peito, não apenas na palma da mão. Como o Pequeno Príncipe nos disse, nesta passagem que nunca deveria ser lida com banalidade ou desatenção, apesar de tão difundida:

“Eis o meu segredo: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos. Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer.”

Por fim, compartilho a foto de um dos momentos mais felizes da minha vida, a minha primeira Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro em 2015, em que fui de cosplay, adivinhem de que personagem? rs

No final das contas, o Pequeno Príncipe fala das coisas do coração, e pensando bem, a leitura é uma delas.

Espero que tenham gostado do post e, se possível, participem da campanha usando as hashtags, curtindo e compartilhando suas experiências de leitura, ah, e não deixem de dizer nos comentários quais seus personagens ou livros favoritos. Até o próximo post!

Beijos da tia Emília!
Anúncios

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s